Muito obrigado! Hoje, completamos 1 milhão de likes em nossa página do Facebook e cada um deles fez e faz parte da história do Greenpeace Brasil.

 

Você assistiu alguns dos momentos marcantes de nossa história. O protesto pacífico realizado no Cristo Redentor, em 2006, foi feito para chamar a atenção dos governos para a alarmante perda de biodiversidade do planeta e os riscos para a segurança ambiental representada pelos transgênicos.

A vinda do navio Rainbow Warrior ao Brasil foi um marco importante, pois foi em 2012 que lançamos a campanha pelo Desmatamento Zero, uma campanha de grande importância para a preservação das florestas brasileiras. O navio percorreu de Norte a Sudeste do Brasil, participou da Conferência em Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, a Rio+20, divulgando nossas campanhas e expondo crimes ambientais.

Mais recentemente tivemos um projeto chamado Juventude Solar, no Rio de Janeiro, que trouxe energia solar ao Centro Comunitário Lídia dos Santos. Jovens foram treinados para instalar os painéis solares e aprenderam sobre energias renováveis e eficiência energética.

Ainda em 2013, começamos a trabalhar com o tema da mobilidade urbana. Em abril, lançamos o #Cadê?, campanha que visa auxiliar no planejamento da mobilidade urbana das cidades brasileiras e que acompanha a elaboração do Plano de Mobilidade Urbana das capitais.

Por mais distante que o Ártico possa parecer do Brasil, trabalhamos para evitar a exploração de petróleo neste frágil ecossistema, responsável pela regulação do clima no mundo. Foi tentando proteger o Ártico e o clima mundial que os tripulantes do navio Arctic Sunrise foram presos e injustamente acusados de pirataria e vandalismo. No momento mais de 2 milhões de pessoas já enviaram e-mails às embaixadas russa ao redor mundo pedindo a libertação deles.

E a nossa história continua. Graças a você que nos apoiou e que continua ao nosso lado. Queremos que cada vez mais você faça parte do nosso trabalho, se você já nos apoia, torne-se um colaborador do Greenpeace. Somos uma organização independente, que não aceita dinheiro de empresas e de partidos políticos, ajude-nos a continuar nosso trabalho.