Navio Arctic Sunrise © Will Rose / Greenpeace

 

Recentemente as autoridades russas concordaram em liberar o navio Arctic Sunrise, depois de ter ficado dez meses abandonado em um canto isolado do porto de Murmansk, na Rússia. No dia 27 de julho, uma equipe do Greenpeace, liderada pelo Capitão Daniel Rizzoti, finalmente teve acesso ao navio e as noticias não foram muito animadoras.

A equipe passou cerca de três semanas reformando o navio para que ele tenha condições mínimas de navegação.  O Arctic Sunrise ficou dez meses sem receber manutenção, grande parte dos sistemas de comunicação, navegação e segurança foram quebrados ou removidos. O navio está a caminho de Amsterdam na Holanda, onde receberá todos os reparos necessários para voltar a defender o Ártico. 

O Arctic Sunrise precisa de você. Por isso, hoje pedimos a sua ajuda. Precisamos muito da sua contribuição. Ao contribuir você estará ajudando também a salvar o Ártico!

Nosso herói deve atracar no porto de Amsterdam em meados de agosto, onde será recebido por ativistas, voluntários, e os famosos “30 do Ártico”. Em seguida, se dirige para estaleiro, onde será submetido a uma avalição completa de todos os danos sofridos e quais serão os reparos necessários.

Os mal tratos foram graves, mas não vamos nos abalar com isso, temos força para continuar defendendo o meio ambiente da melhor maneira possível: sem violência, ao contrário das autoridades russas!

Arctic Sunrise, estamos com você.

Para repararmos todos os danos sofridos, estamos promovendo um financiamento coletivo para ajudar na recuperação de nosso navio . Além de contribuir na recuperação do Árctic Sunrise e com a campanha do Ártico, você recebe lindos materiais exclusivos do Greenpeace Brasil como agradecimento.

Toda ajuda é bem vinda. Contribua.