Três pesos-pesados das negociações climáticas escrevem um artigo conjunto hoje no jornal espanhol El País, sobre o que esperam da próxima Conferência do Clima, que acontece em Copenhague, em dezembro.

Margot Wallström, vice-presidente da Comissão Europeia, Mary Robinson, ex-presidente da Irlanda, e Gro Harlem Brundtland, ex-presidente da Noruega, afirmam que nenhum país em desenvolvimento vai aceitar ações mais restritivas no controle de emissões de gases do efeito estufa enquanto as nações industrializadas não apresentarem posições mais claras sobre sua própria responsabilidade. Também dizem que nada avança enquanto tecnologia e dinheiro não forem repassados para os países em desenvolvimento.

A bola, dizem as três, está com os países ricos.