Foto: Greenpeace / Lunaé Parracho

Estivemos na ANP (Agência Nacional do Petróleo) para entregar a placa que usamos em Abrolhos, durante a manifestação que fizemos numa das áreas passíveis de exploração de gás e óleo. A ANP é responsável por ofertar os blocos para exploração na região de maior biodiversidade do Atlântico Sul e, investindo na busca por mais combustível fóssil, vai na contramão do futuro renovável que nosso planeta precisa.

A coordenadora da campanha de oceanos, Leandra Gonçalves, protocolou também uma carta escrita por uma coalizão de ONGs que se manifestam contrariamente à exploração de petróleo e gás na região onde necessita ser criada uma Zona de Amortecimento para proteger o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos. A placa ficou no local, como forma de manifesto, e Francisco Nelson, coordenador regional da ANP, prometeu levar adiante a carta.

Veja as fotos da nossa galeria no Flickr:

E asssita ao vídeo do protesto de hoje:

Greeenpeace / João Talocchi