Evento na tenda Greenpeace na Cúpula dos Povos. (©Greenpeace/Rodrigo Paiva/RPCI)

Há quem diga que o pré-sal é a poupança que o Brasil precisa para, definitivamente, elevar o país a uma nova era de desenvolvimento econômico e social. Mas esse discurso ignora outra discussão: os riscos ambientais que a exploração deste petróleo representa vale a pena?

Em mesa redonda realizada na Cúpula dos Povos, evento paralelo à Rio+20, nesta segunda-feira, 18, o Greenpeace convidou especialistas para colocar o assunto em pauta.

Leia mais:

 

Riscos e impactos ambientais do pré-sal” terá a participação de Nilo D'Ávila, diretor adjunto de Campanhas do Greenpeace, Guilherme Dutra, diretor do Programa Marinho da CI (Conservação Internacional) e de David Zee, professor da UERJ e Coordenador do Mestrado em Meio Ambiente da Universidade Veiga.

Para quem estiver no Rio de Janeiro, o evento é aberto e será realizado na tenda do Greenpeace, que fica na entrada do Território do Futuro 2, no aterro do Flamengo.

Acompanhe o evento na íntegra: