(fonte da imagem: Greenpeace França)

Mais uma ação contra o carvão na Europa, desta vez em Paris. Ativistas do Greenpeace despejaram oito toneladas de carvão em frente ao Ministério do Meio Ambiente da capital francesa e bloquearam a entrada do prédio. O protesto durou duas horas e os 14 ativistas foram detidos e, em seguida, liberados.

A ação faz parte da campanha online do Greenpeace contra essa fonte de energia altamente poluente, uma das principais responsáveis pelo aquecimento global, e contra o projeto do terminal portuário de Cherbourg. Clique aqui e saiba mais (site em francês).

A França é a porta de entrada do carvão que alimenta as usinas termelétricas inglesa - confira aqui nossa ação contra a usina de Kingsnorth, em Kent (Inglaterra). Os ativistas franceses querem uma posição do governo sobre o projeto do porto de Cherbourg que deverá receber 4,5 milhões de toneladas de carvão todos os anos, basicamente para alimentar as usinas inglesas. Isso equivale a cerca de 10 milhões de toneladas de CO2 na atmosfera por ano! O Greenpeace quer que o ministro francês do Meio Ambiente pronuncie-se contra esse porto. E vamos conseguir!