Projeto que altera as regras da inspeção veicular vai a votação em SP, sem discussões com a sociedade (©Greenpeace/Thomas Schuppisser)

A Câmara Municipal de São Paulo tem pressa, muita pressa para mudar a inspeção veicular na cidade e, assim, cumprir promessa de campanha do prefeito Fernando Haddad.

Após uma audiência pública realizada ontem, o presidente da Câmara, José Américo, anunciou que colocará a isenção da taxa em votação na pauta extraordinária ainda hoje.

“O projeto da prefeitura é nebuloso. Não fica clara se a intenção da prefeitura é acabar de vez com a inspeção veicular”, disse Sérgio Leitão, diretor de políticas públicas do Greenpeace Brasil, em entrevista à rádio CBN na manhã de hoje. “O projeto não deixa claro se a inspeção vai ocorrer todos os anos, como ela irá ocorrer e quem será responsável pelos estudos que vão validar tecnicamente a manutenção da inspeção.”

Escute a entrevista na íntegra e saiba mais:

Na audiência pública de ontem, o secretario de Negócios Jurídicos da prefeitura, Marcos Massoneto, defendeu a restituição da taxa para os donos de automóveis aprovados na inspeção. Em outras palavras, dinheiro que poderia ser utilizado em transporte público, por exemplo, vai continuar beneficiando um modelo exaurido de transporte individual.

A inspeção pode e deve ser aprimorada na cidade de São Paulo. Só não podemos permitir que se acabe de vez com um instrumento que pode ajudar os paulistanos a respirar melhor.

Vamos pedir aos vereadores para adiarem essa votação. Esse projeto precisa ser discutido amplamente pela sociedade.  

Como você pode ajudar?

Contate o presidente da Câmara, José Américo, pedindo o adiamento dessa votação:

Faça uso da sua cidadania na construção de uma cidade mais limpa e democrática.