O Greenpeace na França acaba de produzir uma série de sete vídeos sobre extração ilegal de madeira no Congo. Nos episódios, a atriz francesa Marion Cotillard visita vilarejos no país africano em uma investigação sobre a cadeia de destruição das florestas da região. 

No primeiro dos sete episódios, Marion chega à cidade de Oshwe acompanhada de Gregoire Lejonc, do Greenpeace. Lá descobrem os perigos que ameaçam as florestas antigas. No segundo episódio, Marion revela as dificuldades e as conseqüências de um país com uma governança precária. 

A República Democrática do Congo possui a segunda maior floresta tropical do mundo, superada apenas pela Amazônia. Mais de 60% da população do Congo depende diretamente ou indiretamente das florestas do país para subsistência. 

O Greenpeace acredita que é essencial manter intactas as florestas nativas. A proteção beneficia o ambiente e o povo congolês, através de fundos internacionais que pagam para evitar a destruição das matas.

Novos episódios serão colocados no ar semanalmente. Confira os dois primeiros: