Paulo Adário, Aristides Monteiro e Aloysio Costa Jr durante a solenidade de assinatura do decreto. Foto: Greenpeace / Lunaé Parracho

O Fórum Pernambucano de Mudanças Climáticas foi criado!

À bordo do Arctic Sunrise, o decreto de criação do fórum chegou assinado pelo Governador de Pernambuco, Dr.  Eduardo Campos (representado pelo Secretário de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente, Aristides Monteiro) e abriu as portas para a discussão sobre mudanças climáticas e aquecimento global no estado. Em Pernambuco, o aquecimento global ameaça a população costeira com a elevação do nível do mar, enquanto no interior do estado, no semi-árido, os habitantes correm o risco de sofrer com a desertificação, com o agravamento das secas.

Também foi instalado o Grupo Técnico do Comitê Estadual de Enfrentamento das Mudanças Climáticas (CEEMC), que tem como objetivo analisar os impactos do aquecimento global e propor soluções de mitigação na região. Este foi o primeiro grupo técnico criado para trabalhar juntamente com o setor de políticas públicas - um exemplo a ser seguido.

Ao final, uma mesa redonda debateu as mudanças climáticas e teve como participantes Fabio Feldmann (Secretário-Executivo do Fórum Paulista de Mudanças climáticas), Neilton Fidelis (do Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas), Paulo Nobre (do INPE) e Eduardo Assad, da Embrapa, que expuseram mais dados científicos sobre as consequências do aumento da temperatura da Terra.

A sociedade civil tem a capacidade de mobilizar a opinião pública, mas a comunidade cientítica é quem possui a base do conhecimento para direcionar as tomadas de decisão dos políticos.