Antes da internet uma atividade ou protesto do Greenpeace levava algumas horas para chegar ao público. Até que as fotos e vídeos fossem revelados/editados e chegassem à imprensa (e através dela ao resto do mundo) era necessário um certo tempo, tempo esse que poderia definir o sucesso de uma intervenção e o apoio da opinião pública.

Hoje, com a web, quase que instantaneamente podemos transmitir nossas mensagens. Os equipamentos de imagem digital certamente ajudaram também, mas a web facilitou o canal Greenpeace-audiência e derrubou fronteiras. Em alguns minutos nossas imagens estão em nosso site e nos portais de notícias do mundo todo, para que qualquer internauta tome conhecimento de nossas ações e denúncias.

Mas com a web 2.0 foi possível ir além. As redes de relacionamento online, os sites de vídeos e fotos, os comunicadores instantâneos e a mídia online permitiram o acesso imediato e colaborativo das campanhas do Greenpeace por todo o mundo. Sem elas nossas vitórias diante das injustiças e enganos com nosso planeta seriam mais difícieis, já que é com pessoas como eu e você que o Greenpeace tem força de mobilização.

O Greenpeace Brasil está presente nos seguintes sites:

orkut - comunidade Greenpeace Brasil, aberta para discussão dos usuários. YouTube - vídeos, documentários e comerciais produzidos pelo Greenpeace. MySpace - perfil do Greenpeace Brasil. Twitter - updates frequentes sobre nossas campanhas, vídeos, fotos e denúncias. Facebook - perfil do Greenpeace Brasil, com posts, updates e fotos. Delicious - bookmarks e page rank. Digg - para popularizar links. Flickr - fotos e galerias de imagens de nossas atividades.