É longo. A gravação da audiência pública na Câmara dos Deputados realizada na semana passada para discutir a rastreabilidade do gado na Amazônia, ultrapassa em alguns segundos as 5 horas e 48 minutos de duração. Mas vale à penas ouvir pelo menos alguns de seus trechos. É um grande momento sobre a postura dominante no Congresso Nacional. Seguem alguns highlights, com a indicação do ponto em que se encontram no áudio: deputados comparam Greenpeace a bando de pedófilos e traficantes (13:15:50); deputado Alberto Lupion ameaça procuradores e chama o Greenpeace de agremiação de marginais (14:39:43); o deputado gaúcho Luiz Heinze, faz uma inflamada defesa da ditadura militar, dizendo que graças à ela o Brasil se desenvolveu (15:43:22).