No último final de semana de visitação pública ao navio Arctic Sunrise, o Greenpeace recebeu mais de 3 mil pessoas no porto de Santos, litoral paulista, para falar sobre os impactos e as alternativas contra o aquecimento global. A atividade faz parte da expedição “Salvar o Planeta. É agora ou agora” que, em três meses de viagem pelo país, atraiu mais de 20 mil pessoas em sete cidades brasileiras: Manaus, Belém, Fortaleza, Recife, Salvador, Rio de Janeiro e Santos.

foto: Greenpeace/Alexandre Cappi
foto: Greenpeace/Alexandre Cappi

As longas filas que se formaram no Armazém 29 do Porto de Santos no sábado e no domingo não diminuíram a empolgação dos visitantes, que enfrentaram sol e chuva para visitar o navio do Greenpeace e conhecer um pouco mais sobre a embarcação, as ações da organização em defesa do meio ambiente, além  de divulgar informações sobre os impactos das mudanças climáticas e as propostas de soluções. Ao final da visita, os visitantes são convidados a participar, assinando uma petição para o presidente Lula pedindo que o Brasil assuma a liderança nas negociações internacionais da reunião da ONU sobre clima, que acontecerá em Copenhague (Dinamarca), em dezembro deste ano.