O jornal Valor Econômico cobriu com propriedade a renovação da moratória da soja. O acordo das indústrias processadoras de soja com o Ministério do Meio Ambiente, cinco ONGs ambientais (entre elas o Greenpeace) tem validade até 2010. Interessante também o artigo publicado no mesmo jornal sobre as negociações climáticas. Apesar de minimizar a importância do acordo de Copenhagen, o texto de Gideon Rachman, traduzido do "Financial Times", explica com clareza o jogo de força entre as nações desenvolvidas e em desenvolvimento. O que o Rachman não diz é que temos pouco tempo para esse tipo de impasse.