O Greenpeace lança hoje um vídeo para mostrar à LEGO quão perigosa é sua brincadeira com a Shell. “Queremos expor como a LEGO está colaborando para a destruição do Ártico promovendo a controversa marca da Shell em seus brinquedos”, diz Mel Evans, da campanha Salve o Ártico. A petrolífera, com seu plano de exploração na região, está sob pressão de órgãos reguladores internacionais e ONGs.

Leia mais:

O vídeo, criado pela Don’t Panic, agência ganhadora do prêmio BAFTA (Academia Britânica de Artes para Filmes e TV), mostra um lindo Ártico feito de LEGO, com toda sua riqueza. Mas logo se percebe as consequências da exploração da Shell no local. Como trilha sonora, uma versão um pouco diferente de “Everything is Awesome”, tema principal de LEGO - O Filme.

Assista ao vídeo:

 

“À toda empresa cabe a responsabilidade de escolher seus parceiros de maneira ética. A LEGO diz que pretende deixar um mundo melhor para as crianças. No entanto, sua ligação com a Shell, um dos maiores poluidores e agressores do equilíbrio climático no mundo, mostra o contrário”, expõe Evans.

A campanha, lançada dia 1º de julho, já conta com mais de 150 mil assinaturas pedindo que LEGO desmonte essa perigosa parceria. Milhares de fãs no mundo inteiro inundaram as páginas do Facebook e do Twitter da empresa de brinquedo com esse mesmo pedido.

O Presidente e CEO da LEGO, Jørgen Vig Knudstorp, respondeu ao Greenpeace. Veja sua resposta aqui: LEGO fala, mas não explica.

Assine a petição da campanha para que a Lego desmonte essa parceria com a Shell. Acesse.

LEGO, desmonte sua parceria com a Shell e pare de brincar com o Ártico. Assine: www.legodesencaixedashell.org.br