Laboratório de Células Solares do Núcleo Tecnológico de Energia Solar da PUC-RS, em Porto Alegre (RS). (©Greenpeace/Rogério Reis)

 

O Greenpeace publica suas contribuições para o Plano de Expansão Decenal de Energia 2012‐2021. No dia 24 de setembro, foi colocada para consulta pública a nova versão do PDE, que é atualizado anualmente e prevê os rumos energéticos do Brasil para os próximos dez anos. A versão atual melhorou em relação à do ano passado , mas ainda precisa de muitas mudanças para tornar-se ideal.

Leia mais:

Apesar dos avaços, se seguirmos o modelo proposto pelo PDE teremos potencialmente elevados impactos ao meio ambiente e à sociedade. A estimativa de crescimento elevado do PIB nacional no decênio e a pouca ambição na intensificação de programas de eficiência energética levam a um cenário de alta demanda energética e pressão sobre a exploração hidrelétrica na Amazônia.

As contribuições são abertas a todo o público e vão até o dia 31 de outubro, quarta-feira.

Leia aqui as contribuições propostas pelo Greenpeace Brasil para cada uma destas áreas.