Imagem da animação sobre óleo de palma produzida pelo Greenpeace.

Você pode até não escutar o barulho das motosserras enquanto toma seu banho ou escova os dentes, mas pode ter certeza: as chances de ter algo diretamente ligado à destruição das florestas na Indonésia em seu banheiro são enormes.

Quer saber como?

Então assista o vídeo abaixo, que explica como o desmatamento chega na sua casa por meio dos produtos que utiliza no seu dia a dia.

 

Com uma semana do lançamento do manifesto pelas florestas da Indonésia, já somamos mais de 120 mil vozes fazendo o mesmo pedido: não queremos desmatamento nos produtos que compramos e consumimos diariamente.

As marcas que usamos PRECISAM levar em consideração o impacto que causam no planeta e nas pessoas. Animais raros e comunidades que vivem diretamente da floresta estão sofrendo com o avanço desenfreado do óleo de palma sobre áreas ainda conservadas. Você pode fazer a diferença.

Clique aqui para assinar o manifesto.

Tivemos grandes conquistas até agora devido à pressão popular. A maior comercializadora de óleo de palma do mundo, a Wilmar, e marcas como L’Oreal, Unilever, Ferrero e Nestlé já se comprometeram publicamente a eliminar o desmatamento de suas cadeias de produção usando apenas óleo de palma com procedência garantida.

Temos ainda um longo caminho pela frente e precisamos de toda a ajuda possível para acabar com a destruição das florestas da Indonésia. Se você já aderiu e fez a sua parte, compartilhe o vídeo e o manifesto com seus amigos e familiares, pedindo para que também sejam parte da campanha.

Conheça também a campanha de florestas no Brasil e a atuação do Greenpeace na Amazônia.

*Cristiane Mazzetti é da campanha de florestas do Greenpeace Brasil