socorros

Nunca se sabe quando alguém precisará ser socorrido. Dar o primeiro auxílio a alguém que necessite, até que a ajuda apropriada chegue pode garantir o sucesso do atendimento e evitar consequências graves a vítima. Numa situação comum, como no trabalho, na escola, na rua ou em casa, essa ajuda apropriada pode chegar em poucos minutos. Mas num navio tudo dependerá de como os primeiros atendimentos serão realizados, até que o médico à bordo assuma a situação. Uma queda de algum ponto elevado, uma batida de cabeça, um afogamento, ou qualquer outra situação que envolva ajuda imediata pode não ser prevista, mas o socorro a ser prestado em situações como estas deve ser de conhecimento de todos os tripulantes.

Por isso, Marcelo, o médico à bordo do MY Arctic Sunrise reuniu os tripulantes para dar uma aula de primeiros socorros. Aprendemos a diferenciar as situações de emergência e como lidar com elas, e o que fazer para prestar ajuda aos envolvidos. Marcelo nos mostrou que não é nada difícil socorrer alguém - o que é difícil mesmo é tomar as decisões corretas num curto espaço de tempo, já que a cada minuto as chances de salvamento da vítima vão diminuindo. "Lo más importante es hacer todo con calma" nos dizia o doutor, com seu espanhol portenho.

Simulando situações reais (com "vítimas reais" da tripulação - que tornaram o exercício mais interessante) aprendemos como agir até que nosso doutor chegue para o resgate.

Veja algumas fotos:

[gallery]