Mais jovens se juntam ao projeto Juventude Solar que irá instalar placas fotovoltaicas no telhado do Centro Comunitário Lídia dos Santos (©Greenpeace)

 

Assim que chegamos em Vila Isabel, encontramos alguns jovens aguardando por nós e vestindo a camisa Juventude Solar. Este foi o terceiro encontro e  ficou ainda mais evidente a curiosidade de todos sobre o projeto. Risadas e olhares compenetrados em tudo que passávamos de conteúdo, mostraram a alegria e importância que estão dando ao Juventude Solar.

Pudemos ver a alegria em seus olhares e que já estão mais conscientes, reconhecendo a responsabilidade que tem perante a sociedade em ser parte da solução do problema ambiental. Muitos também comentam o desejo que têm de passar o que estão aprendendo pra frente, serão verdadeiros multiplicadores do conhecimento que tem apreendido em nossos encontros.

Para reforçar o time, recebemos três jovens do Instituto Bola pra Frente, um projeto de cunho social que visa promover a inclusão social de jovens do bairro de Guadalupe, tendo por base o futebol.

Dessa vez falamos sobre energia elétrica e energia fotovoltaica. Agora é aguardar pelo próximo, onde teremos oficina para montar lanterninhas solares! Espero que todos estejam tão ansiosos quanto eu.

*Thomas Mendel é do grupo de voluntários do Rio de Janeiro do Greenpeace Brasil