Muitos dos que enviaram seus pedidos à LEGO, pedindo que a empresa de brinquedo desmanche sua parceria com a petrolífera Shell, estão recebendo uma resposta padrão em inglês, parecida com a que nós do Greenpeace recebemos.

A nossa resposta, que pode ser vista aqui, exalta a contradição da LEGO em acusar o Greenpeace de usá-la como uma ferramenta para atingir a Shell. É bem verdade que a própria LEGO é usada pela petrolífera como um distração para suas arriscadas operações no Ártico, que vem gerando diversas críticas de ONGs e órgãos reguladores internacionais.

A LEGO é uma das empresas de brinquedo mais admiradas e amadas, e a Shell sabe que essa união não vai somente aumentar seus lucros, mas também alavancar a reputação da companhia, conhecida pelas atividades negligentes no Ártico. 

Essa não é a solução que queremos da LEGO: é preciso que ela desfaça o contrato com uma das maiores petrolíferas do mundo!

Por isso é necessário continuar trabalhando pela defesa do Ártico. Seja por e-mail, pelas redes sociais ou assinando a petição. Vamos fazer com que nossos pedidos sejam ouvidos! A LEGO não pode tirar sua responsabilidade dessa parceria.

O que significa essa união?

Shell e LEGO possuem uma parceria há mais de 30 anos. O último contrato firmado entre a empresa de brinquedos infantis e a Shell foi em 2011. Você deve se lembrar dessa promoção: abasteça em um posto Shell e ganhe uma miniatura Ferrari feita de LEGO.

Essa promoção conjunta aconteceu em 33 países e rendeu $ 116 milhões em publicidade para a Shell, além da venda de 16 milhões de carrinhos de brinquedo, fazendo dessa a maior parceria promocional da LEGO. Enquanto durou a promoção, a venda de combustíveis da Shell aumentou em 7,5%. Mais informações nesse vídeo da agência de propaganda da Shell, Iris International.

Por isso que devemos continuar nosso pedido de rompimento da união entre duas empresas tão diferentes: uma voltada para o publico infantil, e a outra para a exploração de combustíveis fósseis em áreas controversas, como o Ártico. É nossa obrigação, como sociedade civil, pedir por um futuro melhor para nossas crianças.

* Fabiana Alves é coordenadora da campanha Salve o Ártico do Greenpeace Brasil.

Assine a petição da campanha para que a Lego desmonte essa parceria com a Shell. Acesse.

LEGO, desmonte sua parceria com a Shell e pare de brincar com o Ártico. Assine: www.legodesencaixedashell.org.br