Terminou a plenária no TCU sobre a construção da usina nuclear Angra 3. Em uma auditoria realizada no ano passado, o tribunal detectou uma série de irregularidades.

Segundo a decisão, o valor da obra, estimada em R$ 1,3 bilhão, pode ser reduzido em R$ 120 milhões. A construtora Andrade Gutierrez tem 30 dias para apresentar uma repactuação, com os novos cálculos. O tribunal mantém o olho no caso. E o Greenpeace também.