Algumas vezes, num navio, é necessário sujar as mãos e, literalmente, fazer o trabalho sujo. No Arctic Sunrise não é diferente.

O sistema de encanamentos e esgoto de um navio é muito delicado, e qualquer coisa que obstrua a livre circulação da água e dos dejetos produzidos pelos tripulantes (sim, trata-se das fezes) pode gerar uma enorme dor de cabeça para os engenheiros à bordo.

Isso acabou acontecendo por aqui, e Raoul, o engenheiro, recrutou alguns voluntário para desentupir o encanamento de um dos banheiros, mas a pressão da água que vinha pelos canos no momento dos testes era tão forte que foi necessário tapar a saída de esgoto das pias nas cabines vizinhas ao banheiro. Muitos se sujaram. Marco, nosso voluntário e Caveira Guy, que o diga:

Marco luta contra a pia

Os outros bravos guerreiros do esgoto escalados para a missão (Jon, Sid e Marcelão) lutaram até o fim, e venceram a batalha contra os dejetos. Restauraram a higiene do Arctic Sunrise, e a sanidade dos engenheiros. Bravo!

Sid, Jon e Marcelão, os heróis da higiene