Passarela verde abre a Semana de Moda de Milão e cobra polítcas de Desmatamento Zero e Detox das grandes marcas da alta costura internacional (© Matteo Nobili / Greenpeace).

 

A Semana de Moda de Milão, que agrupa os mais badalados desfiles da alta costura do mundo, teve início nesta quarta-feira, mas com um detalhe inesperado: este ano, o verde entrou em alta na estação. Uma passarela vertical foi levantada por ativistas do Greenpeace Itália na fachada do Castelo Sforzesco, um dos cenários-sede do evento. Nela, uma ativista representando uma modelo mandou o recado às grandes marcas internacionais, para que adotem políticas sustentáveis na sua produção.

A passarela de 12 metros de comprimento simboliza a campanha pelo Duelo da Moda, lançada pelo Greenpeace no início do mês. Foi montado um ranking com a classificação de 15 empresas de moda de luxo italianas e francesas, desafiando-as a limpar suas cadeias de suprimentos e produtos, comprometendo-se com o Detox e com o Desmatamento Zero.

Veja abaixo o vídeo da ação.

A cobrança é para que a indústria têxtil deixa de utilizar na sua cadeia de produção produtos químicos que poluam as águas com tóxicos, e couro que venha de áreas desmatadas na Amazônia. Exigimos das grandes marcas que se envolvam na tendência de mercado que está mais em voga atualmente: roupas bonitas e desvinculadas da destruição das florestas ou da poluição tóxica de nossos recursos hídricos.

Até agora, apenas a empresa Valentino aceitou o desafio de fazer um compromisso com a implementação de políticas de Desmatamento Zero e Detox. Sete outras marcas só fizeram compromissos parciais e mais sete ainda nem responderam ao pedido.

No Brasil, o Greenpeace já vem cobrando políticas de Desmatamento Zero de grandes empresas frigoríficas, para que não revendam gado proveniente de fazendas que invadam áreas protegidas, que tenham trabalho escravo ou áreas embargadas pelo órgão ambiental.

Você também pode participar da campanha para vestir o planeta de forma mais limpa, protegendo nossas florestas. Assine a petição pela Lei do Desmatamento Zero no Brasil

Assine a petição.