Grupos de voluntários do Greenpeace Brasil realizaram atividades em sete capitais do país para alertar a população sobre os perigos da parceria feita entre a LEGO e a Shell.

 

Durante essa semana, grupos de voluntários do Greenpeace Brasil realizaram atividades em sete capitais do país para alertar a população sobre os perigos da parceria feita entre a LEGO e a Shell. A petrolífera veicula sua marca com brinquedos infantis para desviar atenção de suas atividades controversas de exploração no Ártico e passar uma imagem positiva às crianças. As cidades que participaram foram São Paulo, Manaus, Recife, Porto Alegre, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Brasília.

Os grupos levaram um boneco LEGO gigante segurando uma lousa às ruas e pediram para as pessoas escreverem mensagens para a LEGO pedindo o fim da parceria com a Shell. Os voluntários levaram camisetas, máscaras e um vídeo feito pelo Greenpeace para explicar os perigos dessa parceria. Eles também montaram pequenos protestos com bonecos da LEGO, nos quais os personagens protestavam contra a exploração de petróleo no Ártico.

“A atividade foi muito importante para conscientizar as crianças sobre a gravidade dessa parceria”, afirma Rafaela Araújo, voluntária do Greenpeace. “Conseguimos explicar a ideia de forma simples e clara,  para que ela seja difundida nas escolas e em outro ambientes de convivência” completa Rafaela.  

Para entender mais sobre a campanha, assista ao vídeo e assine a petição, para pedir à LEGO que desencaixe da Shell.

Assine a petição da campanha para que a Lego desmonte essa parceria com a Shell. Acesse.

LEGO, desmonte sua parceria com a Shell e pare de brincar com o Ártico. Assine: www.legodesencaixedashell.org.br