Muito segredo por nada

9 comentários
Notícia - 23 - jun - 2010
Dois dias de reuniões fechadas e países do Comitê Internacional da Baleia não chegam a nenhum acordo. Encontro anual ameaça terminar em fiasco para os animais.

Barco do Greenpece tenta evitar que baleia da espécie Minke seja arrastada para dentro de barco pesqueiro japonês.

A previsão para o encontro anual do Comitê Internacional da Baleia (CIB), este ano em Agadir, no Marrocos, é de iminente fracasso. Após dois dias de reuniões a portas fechadas, nas quais absolutamente nada foi decidido, os representantes dos 89 países membros do comitê já cogitam deixar para o ano que vem o destino de cachalotes, baleias-fin e azuis, caçadas sem piedade por Japão, Noruega e Islândia.

Na mesa de discussão está um acordo proposto em maio deste ano por um grupo de estudos dentro da própria CIB, que estipula cotas de caça comercial de baleia para os três países, com a promessa de gradativa diminuição dos valores nos próximos dez anos. A proposta quebra uma moratória de caça estipulada há 24 anos pela CIB.

Mesmo com 2600 animais dentro da cota do arpão, Japão, Noruega e Islândia continuam insatisfeitos com a possibilidade de colocar um ponto final ao seu programa baleeiro em um período estimado de tempo. Graças a uma brecha na regulação da Moratória, os três países empreendem uma matança de cerca de mil indivíduos por ano, sob o rótulo de caça científica.

A verdade, no entanto, passa longe da ciência. No Japão, os navios de pesquisa usam a carne das baleias como insumo de contrabando e enriquecimento ilícito, em um processo que envolve o governo e os órgãos reguladores de pesquisa. Dois ativistas do Greenpeace, Junichi Sato e Toru Suzuki, denunciaram o esquema ilegal e, há dois anos, enfrentam um processo penal inescrupuloso no país.

Os escândalos não param por aí. O Japão esteve recentemente sob os holofotes da mídia internacional por suborno e compra de votos de países dentro da CIB como tentativa de barrar qualquer acordo. Apesar de tantas denúncias, a estratégia parece ter dado certo. O encontro anual, além de ringue entre países que consideram que a CIB é um comitê regulador do comércio e aqueles que acham que deve se tornar um órgão conservacionista, pouco teve a acrescentar em favor dos animais.

 “Se adiarem os acordos para a outra reunião, teremos mais um ano de sangue de baleia derramado por Japão, Noruega e Islândia. Os governantes presentes na CIB deveriam estar envergonhados de reunirem-se a portas fechadas para esconder as mesmas chantagens e negociatas que condenam há anos o futuro de cetáceos no mundo”, diz Junichi Sato.

Leandra Gonçalves, coordenadora da campanha de Oceanos no Brasil, afirma que a única cota que o Greenpeace aceita é a zero: “Apesar da redução, nós consideramos a Antártica um local de preservação de baleias, destinado apenas para a paz e a ciência.” diz. “O Greenpeace é contra qualquer cota de caça comercial de baleias no Santuário de Baleias Antártico, criado em 1994 pela própria CIB com o objetivo de proteger as espécies”, conclui.


 

Tópicos
Tags
9 Comentários Adicionar comentário

Marcus Vinicius says:

Quando vamos ter o poder da sabedoria e perceber que o mal que estamos fazendo, ñ é para o futuro é para agora mesmo, nosso planeta vai...

Enviado 9 - jul - 2010 às 9:51 Denunciar abuso Reply

Read more Read less

rodrigo15 says:

vamos lutar de maos dadas e acabar com todo esse tipo de pessoa que faz uma injustiça dessa!!!!

Enviado 5 - jul - 2010 às 1:58 Denunciar abuso Reply

rodrigo15 says:

meu DEUS que crueldade eu fico imaginando pra que tanta pessoa anbiciosa que so olha o lado delas. parece que eles nao enxergam o verdadeiro significa...

Enviado 5 - jul - 2010 às 1:57 Denunciar abuso Reply

Read more Read less

EDSON ARRABAL says:

Infelizmente já vimos este filme antes e sabemos o final...Novamente essa conversa mole de "cotas"...A única cota aceitável &...

Enviado 3 - jul - 2010 às 18:05 Denunciar abuso Reply

Read more Read less

vesosterramos says:

Eu também acho horrível esse negócio todo de cotat, mas ao mesmo tempo não será muito difícil uma cota zero?
Temo...

Enviado 3 - jul - 2010 às 7:59 Denunciar abuso Reply

Read more Read less

veronica maria says:

É ridículo, é vergonhoso essa história de cota... o Greenpeace está certíssimo, não existe cota quando se trata de ...

Enviado 30 - jun - 2010 às 18:35 Denunciar abuso Reply

Read more Read less

juliiamartiins says:

a cota tem que ser zero e pronto. essa situação nos faz sentir vergonha por eles ao mesmo tempo que vem a indignação!

Enviado 26 - jun - 2010 às 14:02 Denunciar abuso Reply

Ana Maria says:

é um absurdo ver esses animais maravilhosos, morrerem de forma brutal, para satisfazer a ganância de seres medíocres, que ainda se dize...

Enviado 24 - jun - 2010 às 23:27 Denunciar abuso Reply

Read more Read less

Econsciência says:

Realmente...num precisamos de cotas para
diminuir a matança das baleias....
A cota que deve existir é zero!!!!!!!!!!

Enviado 23 - jun - 2010 às 20:07 Denunciar abuso Reply

Read more Read less

1 - 9 de 9 resultados.

Postar um comentário 

Para postar um comentário, você precisa estar logado.