Novo relatório revela um pesadelo tóxico

3 comentários
Notícia - 17 - fev - 2014
Investigação do Greenpeace encontrou substâncias perigosas em roupas infantis de marcas de luxo

A saga do pequeno rei que se recusa a usar roupas tóxicas (© Greenpeace/Andrea Massari)

 

Era uma vez um reino não tão distante onde vivia um pequeno rei. Sua mãe queria só o melhor para seu querido filho e comprou para ele as roupas mais luxuosas do reino. No entanto, ele se recusava a vesti-las  porque conseguia ver algo que sua mãe não conseguia. Ele percebia que as roupas estavam contaminadas com substâncias químicas perigosas. Recusando-se a vestir qualquer roupa, ele então proclamou que nenhum produto tóxico nas roupas seria permitido em seu reino e em todo o mundo, desafiando os alfaiates a produzir roupas livres de tóxicos para ele e para todas as crianças”.

A pequena história acima é uma releitura do clássico “A Nova Roupa do Imperador”, do autor Hans Christian Anderson, em que o rei é enganado acreditando estar vestindo roupas especiais quando na verdade está completamente nu. Ela foi adaptada pelo Greenpeace para revelar a mentira tóxica por trás das marcas de luxo do mundo da moda. No conto de fadas atual, grandes marcas do mundo fashion como Versace, Louis Vuitton, Dior e Dolce&Gabbana estão também enganando seus consumidores, escondendo a presença de substâncias químicas perigosas por trás do glamour de suas passarelas. Roupas de luxo podem ser exclusivas, mas químicos tóxicos não são.

Uma investigação do Greenpeace Internacional divulgada hoje (veja aquiem inglês) revelou que as mesmas substâncias químicas perigosas usadas na produção de roupas de marcas comuns também são utilizadas em roupas infantis de marcas de luxo como Versace, Louis Vuitton, Dior e Dolce&Gabbana.

“As marcas de luxo apostam muito na exclusividade e qualidade de seus produtos. Mas esse relatório mostra que eles estão enganando os seus consumidores com mentiras tóxicas. As substâncias químicas perigosas afetam a todos nós. As empresas precisam desintoxicar sua cadeia de produção e entender que as pessoas conseguem ver além da grande ilusão que essas marcas criaram”, disse Chiara Campione, do Greenpeace Itália.

As substâncias encontradas pela investigação do Greenpeace são despejadas nos rios e lagos de países onde são fabricadas, mas também estão sendo liberadas das roupas compradas e vendidas no mundo todo. Quando liberadas no meio ambiente elas podem contaminá-lo e algumas podem se tornar substâncias tóxicas capazes de causar distúrbios hormonais e gerar riscos de saúde para crianças e adultos.

“Já está na hora dessas marcas de luxo, que são conhecidas como formadoras de opinião no mundo da moda, começarem a liderar a revolução para uma moda livre de tóxicos. Comprometendo-se com a desintoxicação de suas cadeias de produção, marcas como Valentino e Burberry mostraram que a moda não precisa custar o planeta. O que as marcas viciadas em tóxicos como Versace, Louis Vuitton, Dior e Dolce&Gabbana estão esperando?” questionou Campione.

Essa é uma história de verdade que afeta a todos nós, mas que ninguém gostaria de contar para seus filhos. Felizmente, as pessoas têm o poder de dar a ela um final feliz. Vamos nos unir ao pequeno rei por uma moda livre de substâncias tóxicas perigosas  em nome do bem estar de todas as crianças ao redor do mundo.

Acesse o site e assine a petição por uma moda livre de substâncias tóxicas perigosas.

Sobre a campanha

Lançada em 2011, a campanha Detox do Greenpeace pede o comprometimento de grandes marcas para zerar o despejo de substâncias químicas perigosas nas águas até 2020. Atualmente, a partir da pressão pública dos consumidores, 20 grandes empresas como Nike, Adidas Puma, C&A e Victoria's Secret se comprometeram a desintoxicar e estão trabalhando por uma cadeia de produção transparente e livre de contaminação. 

3 Comentários Adicionar comentário

NormaMenezes says:

What a pitty. I thought it would be the great tsunami to kill those addicted to fashionism!... They'll go sooner!
Well I really wish my students could pay bit more of attention to Greenpeace warnings!

Enviado 23 - fev - 2014 às 18:56 Denunciar abuso Reply

Ketlyn says:

A verdade hoje é "Quando mais chique você for, mais doente você fica", o mundo da moda recorre ao que não deve para sati...

Enviado 20 - fev - 2014 às 8:42 Denunciar abuso Reply

Read more Read less

ciroprincesphoenix4greenpeace says:

Pois é!!! Esse é o verdadeiro mercado de moda mundial!!!
Yeah! This is the true market fashion world!!!

Enviado 18 - fev - 2014 às 18:05 Denunciar abuso Reply

1 - 3 de 3 resultados.

Postar um comentário 

Para postar um comentário, você precisa estar logado.