Colin Russell tem fiança garantida

Adicionar comentário
Notícia - 28 - nov - 2013
Em apelação, Justiça russa garante liberdade sob fiança a Colin Russell, último ativista do Greenpeace que permanece preso

O ativista australiano Colin Russell, em audiência realizada semana passada em corte de São Petersburgo (©Dmitri Sharomov/Greenpeace)

Em audiência de apelação realizada hoje em uma corte de São Petersburgo, na Rússia, o ativista australiano do Greenpeace, Colin Russell, teve garantida sua liberdade mediante o pagamento de fiança. Na semana passada, Russell foi o único do grupo dos 30 do Ártico a ter a fiança negada. Todos os demais já saíram da prisão e aguardam a conclusão das investigações em liberdade.

Assim como os outros, Russell será liberado mediante o pagamento de 2 milhões de rublos — aproximadamente R$ 140 mil reais. De acordo com o Greenpeace Internacional, a fiança deverá ser paga ainda hoje, e Russell deve ganhar as ruas antes do fim de semana.

“Um novo capítulo desta história começa hoje. Estes 28 ativistas e dois jornalistas foram finalmente libertados da prisão e poderão se reunir com seus amigos e familiares. Mas a história ainda não acabou. Eles continuam sendo acusados por um crime o qual não cometeram”, disse Ben Ayliffe, do Greenpeace Internacional.

“Eles agiram por todos nós em protesto contra a destrutiva perfuração de petróleo no Ártico. Acusá-los de vandalismo é um insulto e nenhum de nós vai verdadeiramente celebrar até que eles possam retornar a casa e as acusações contra eles sejam derrubadas.”

Embora a acusação de pirataria não tenha sido retirada formalmente, ficou claro durante as últimas audiências que o Comitê de Investigação não pretende mais processá-los por este suposto crime. Mesmo assim, os 28 ativistas e dois jornalistas continuam sendo investigados por vandalismo, um crime que pode render até sete anos de prisão. Também não está claro quando eles poderão deixar a Rússia.

Nenhum comentário encontrado. Adicionar comentário

Postar um comentário 

Para postar um comentário, você precisa estar logado.