Nosso trabalho

O Greenpeace definiu como escopo de seu trabalho em favor do ambiente os seguintes temas: florestas, clima, energia, oceanos, agricultura sustentável (transgênicos), tóxicos e desarmamento/promoção da paz.

A partir de objetivos e estratégias determinados, esses temas transformam-se no que chamamos “campanhas” – um trabalho de investigação, exposição e confronto a partir das demandas da organização em cada país onde ela atua.

No Brasil, temos as campanhas da Amazônia e Clima e Energia. Também já trabalhamos com oceanos, transgênicos e tóxicos.

NOSSA MISSÃO

• Proteger a floresta amazônica, bioma de grande biodiversidade, hábitat de milhares de espécies, milhões de pessoas e fundamental para o equilíbrio climático do planeta.

• Estimular o investimento em energia renovável e eficiência energética, reduzindo as emissões de gases do efeito estufa, que causam aquecimento global.

• Defender os oceanos com a criação de uma rede de unidades de conservação e o estímulo da pesca sustentável.

• Trabalhar pela paz, enfrentando as causas de conflito e eliminando a produção de energia e armas nucleares.

• Incentivar a agricultura segura e sustentável, rejeitando os organismos geneticamente modificados.

Últimas atualizações:

 

Compromisso Público da Pecuária: o que dá certo precisa ser ampliado

Notícia | 12 - mai - 2015 às 19:54

Estudo lançado nesta terça-feira (12) ressalta a eficácia do Compromisso Público da Pecuária em reduzir o desmatamento na Amazônia

Sol em pauta na Câmara dos Vereadores

Notícia | 12 - mai - 2015 às 19:45 2 comentários

Greenpeace e Câmara dos Vereadores promovem seminário sobre benefícios, perspectivas e entraves da energia solar no Brasil

Alckmin prefere dívida à justiça na crise hídrica

Notícia | 12 - mai - 2015 às 17:55 1 comentário

Governo de São Paulo poderia arrecadar R$140mi a mais se acabasse com desconto a grandes empresas, mas decide pedir empréstimo internacional de R$156mi

Mais de mil sorrisos iluminados pelo Sol

Post do blog por Marina Yamaoka | 11 - mai - 2015 1 comentário

Hoje, mil e duzentas estudantes chegaram na Escola Estadual Oswaldo Aranha, no bairro de Artur Alvim, em São Paulo, e saíram de lá transformadas, com a certeza de que nunca mais olharão o Sol como antes. Durante a sexta-feira e o...

As veias abertas da Amazônia-Parte I

Notícia | 11 - mai - 2015 às 11:53 2 comentários

Uma série de quatro reportagens sobre a luta do povo Munduruku contra a construção de barragens na Amazônia (Por Luana Lila)

31 - 35 de 5178 resultados.