Nosso trabalho

O Greenpeace definiu como escopo de seu trabalho em favor do ambiente os seguintes temas: florestas, clima, energia, oceanos, agricultura sustentável (transgênicos), tóxicos e desarmamento/promoção da paz.

A partir de objetivos e estratégias determinados, esses temas transformam-se no que chamamos “campanhas” – um trabalho de investigação, exposição e confronto a partir das demandas da organização em cada país onde ela atua.

No Brasil, temos as campanhas da Amazônia e Clima e Energia. Também já trabalhamos com oceanos, transgênicos e tóxicos.

NOSSA MISSÃO

• Proteger a floresta amazônica, bioma de grande biodiversidade, hábitat de milhares de espécies, milhões de pessoas e fundamental para o equilíbrio climático do planeta.

• Estimular o investimento em energia renovável e eficiência energética, reduzindo as emissões de gases do efeito estufa, que causam aquecimento global.

• Defender os oceanos com a criação de uma rede de unidades de conservação e o estímulo da pesca sustentável.

• Trabalhar pela paz, enfrentando as causas de conflito e eliminando a produção de energia e armas nucleares.

• Incentivar a agricultura segura e sustentável, rejeitando os organismos geneticamente modificados.

Últimas atualizações:

 

Campanha Amazônia, do Greenpeace, é premiada na Europa

Notícia | 27 - nov - 2006 às 20:00

Radio BBC 4, do Reino Unido, reconheceu o bom trabalho feito contra o desmatamento no Brasil em 2006 e concedeu o prêmio especial do júri do Food and Farming Awards

Guia do Consumidor - lista de produtos com e sem transgênicos

Publicação | 26 - nov - 2006 às 20:00

Confira a lista das empresas que garantem uma produção livre de transgênicos e as que ainda não assumiram esse compromisso

CTNBio adia decisão sobre milho transgênico da Bayer

Notícia | 23 - nov - 2006 às 20:00

Cientistas cobram da empresa mais esclarecimentos sobre o produto, confirmando o alerta feito pelo Greenpeace sobre a ausência de informações importantes no processo

Greenpeace protesta contra milho transgênico da Bayer

Notícia | 20 - nov - 2006 às 20:00

Empresa quer que a CTNBio libere a comercialização da variedade transgênica resistente ao agrotóxico que pode causar náuseas, diarréia e até aborto

4261 - 4265 de 5409 resultados.