Porquê uma lista vermelha?

A situação dos mares e oceanos do planeta é grave. Tem que haver mudança já!

  • ¾ dos stocks de peixe do mundo estão totalmente explorados, sobreexplorados ou esgotados; 88% dos stocks de peixe em águas comunitárias estão sobreexplorados.
  • 90% das populações dos grandes peixes predadores (como o atum, o bacalhau e o peixe espada) estão esgotadas.
  • Actualmente só 1% dos oceanos e mares do mundo estão totalmente protegidos, uma percentagem ridícula quando comparada com os espaços naturais protegidos em terra (11%).

Que pede a Greenpeace?

A Greenpeace pede aos principais distribuidores que só disponibilizem produtos do mar que tenham sido obtidos de forma sustentável e que possam garantir que esses produtos não estão ligados a práticas destrutivas.

A Greenpeace pede aos consumidores que exijam aos supermercados que desenvolvam uma política sustentável de compra de produtos do mar e que evitem consumir as espécies mencionadas nesta lista vermelha.

 

Novidades

 

Responsáveis de campanha identificam navios a pescar no Oceano Árctico

Fotografia | 28. Junho, 2010 em 7:35

Iris Menn, uma das responsáveis de campanha de oceanos da Greenpeace na Alemanha e Frida Bengtsson, com funções semelhante na Greenpeace dos países nórdicos. Neste momento estão a examinar e anotar os nomes e números de registo do navios a pescar...

Recolhendo imagens do fundo dos oceanos no Árctico

Fotografia | 22. Junho, 2010 em 7:15

Para investigar as consequências do recuo do gelo causado pelas alterações climáticas, o navio da Greenpeace Esperanza navegou até ao Norte de Svalbard. A equipa a bordo está a explorar e recolher imagens do fundo dos oceanos, até hoje pouco...

Testes de câmera nas águas do Oceano Árctico

Fotografia | 19. Junho, 2010 em 7:29

Gavin Newman testa a sua câmara nas águas do Árctico com a ajuda de outros membros da tripulação do Esperanza.

Jetske Nagtglas

Fotografia | 17. Junho, 2010 em 7:21

Jetske Nagtglas é uma das pessoas que controlam a câmara subaquática que está a registar imagens do fundo do mar no Oceano Árctico. A Expedição Árctico Sob Pressão está a investigar as consequências da pesca de arrasto nesta região.

Esperanza investiga e documenta as consequências da pesca de arrasto no Árctico

Fotografia | 14. Junho, 2010 em 7:46

Imagem do fundo do mar (entre 90 e 190 metros de profundidade) durante a expedição Árctico sob Pressão. O navio da Greenpeace Esperanza está a investigar e documentar as consequências da pesca de arrasto e alterações climáticas no Oceano Árctico.

Câmaras captaram imagens cheias de biodiversidade no Árctico

Fotografia | 13. Junho, 2010 em 7:06

A Greenpeace utilizou avançadas tecnologias de registo de imagem para explorar o fundo do Oceano Árctico a Norte de Svalbard. As câmaras captaram imagens cheias de biodiversidade neste oceano até agora pouco conhecido.

Pequenos Icebergues vieram parar a Magdalenefjord

Fotografia | 12. Junho, 2010 em 7:42

Pequenos Icebergues desprenderam-se e vieram parar a Magdalenefjord em Svalbard. Este é um destino bastante popular para os passageiros dos navios de cruzeiro que visitam a região.

Navio de pesca localizado no Oceano Árctico

Fotografia | 12. Junho, 2010 em 7:32

O Navio Krasnoselsk, com bendeira da Rússia, foi localizado nas coordenadas 79o10.0'N 008o34.0' Este navio está registado como pertencente à empresa COMSERV-FISH. Provavelmente está à procura de bacalhau ou arinca.

Navio avistado a praticar a pesca de arrasto

Fotografia | 12. Junho, 2010 em 7:11

O Navio Martha Arendsee, com bandeira da Rússia, foi avistado pela tripulação do Esperanza a praticar a pesca de arrasto nas águas do Oceano Árctico, nas coordenadas 79o24.4' N 008o24.9' E.

1 - 10 de 180 resultados.

Tópicos
Etiquetas