Laboratório de Investigação Científica

Página - 21. Fevereiro, 2008
A ciência é essencial para a protecção ambiental. Muitos dos problemas que enfrentamos – como as alterações climáticas, a destruição da camada de ozono e a propagação de substâncias químicas perturbadoras das hormonas – apenas podem ser detectados e compreendidos através da ciência.

Cientista da Greenpeace no laboratório da Unidade Científica.

Por outro lado, a ciência é usada para justificar a existência e estabelecimento de ameaças ambientais, como a energia nuclear e os organismos geneticamente modificados. A oposição a essas tecnologias levou a acusações de que a Greenpeace é “anti-ciência”. Tal está longe de ser verdade. A organização está dependente da ciência e da tecnologia para propôr soluções para as ameaças ambientais.

Devido a esta relação ambivalente com a ciência, utilizar os métodos e conhecimento científicos é importante para a Greenpeace. A organização trabalha para estimular a discussão em torno do uso das novas tecnologias.

A Greenpeace também critica a ausência de participação do público na ciência eafirma a necessidade de reformar a relação entre a ciência e a sociedade.

Testes dos componentes individuais e dos materiais utilizados nos circuitos electrónicos. Neste caso procura-se verificar se existem substâncias tóxicas no seu interior.

O Laboratório de Investigação Científica da Greenpeace, na Universidade de Exeter, alcançou alguns feitos importantes na protecção ambiental.

A função do laboratório tem três vertentes:

- Consubstanciar as nossas campanhas
- Influenciar as políticas
- Mudar as opiniões

Patrocinamos muitos relatórios de pesquisa e pesquisas científicas para apoiar as nossas campanhas, mas também utilizamos a ciência para procurar soluções. Por exemplo, para evitar a controvérsia científica inútil sobre os níveis de danos de produtos específicos, propomos alternativas.

Para informação detalhada, incluindo listagem completa de todas as publicações  e pormenores de contacto, viste o Sítio do Laboratório de Investigação.