Raias

Página - 16. Outubro, 2009

Amblyraja radiata, Amblyraja hyperborea, Bathyraja spinicauda

Raias

Principais nomes comuns e científicos
Raia-repregada Amblyraja radiata
Raia do Árctico Amblyraja hyperborea
Raia da Gronelândia Bathyraja spinicauda

Descrição da espécie

As raias são parentes próximos dos tubarões, e têm em comum com estes várias características em termos de crescimento e de reprodução. Raias e tubarões são espécies de crescimento lento e tornam-se adultos bastante tarde, o que os tornam bastante vulneráveis à pesca. As ovas de raia podem levar entre 6 a 12 meses para eclodir e são vulneráveis aos distúrbios no fundo do oceano, como por exemplo a pesca de arrasto.

Apesar de serem altamente vulneráveis à pesca, os stocks de raias são regra geral mal geridos em todo o mundo. Raramente existem quaisquer restrições à sua captura e muitas são descartadas por terem sido capturadas acidentalmente. Mesmo quando desembarcadas as várias espécies de raia são registadas e vendidas simplesmente como raias, sem especificar a espécie, o que dificulta a sua gestão.

Muitas espécies de raias são capturadas utilizando o arrasto de profundidade, um método de pesca que causa um forte impacto nos habitats no fundo do oceano, principalmente em áreas sensíveis, e que captura acidentalmente elevados números de juvenis e outras espécies não desejadas. Estas capturas acidentais são atiradas de novo ao mar, mortas ou a morrer.

De onde vêm

Raia-repregada e Raia da Gronelândia:
  • Atlântico Nordeste
  • Atlântico Noroeste
Raia do Árctico:
  • Atlântico Nordeste
  • Atlântico Noroeste
  • Atlântico Sudeste
  • Índico Este
  • Pacífico Sudoeste
  • Pacífico Este

A que profundidade vivem

  • Raia-repregada: Entre 20 e 1000 m, normalmente entre 50 e 100m
  • Raia do Árctico: Entre 140 e 2500m, normalmente entre 300 e 1500m
  • Raia da Gronelândia: Entre 140 e 1463m, normalmente entre 165 e 255m

Como são capturados

  • Arrasto de profundidade
  • Palangre de fundo

ENCONTRASTE ESTE PEIXE?

A Greenpeace está a averiguar quais os grandes supermercados de Portugal que vendem esta espécie. Se encontraste este peixe à venda num dos supermercados do ranking da Greenpeace? Preenche o formulário e envia-nos a informação.

Identificação do supermercado
Observações no supermercado



Informações pessoais

Adopta este peixe

Vamos divulgar a mensagem de que é preciso proteger esta(s) espécie(s). Usa o teu blogue, Facebook ou Hi5 para informar os teus amigos e contactos.

Copia o código html abaixo e coloca-o no teu espaço.

<a class="procurasevivo" href="/portugal/Templates/Planet3/Pages/DetailPage.aspx?id=40954&epslanguage=pt-PT" title="Raias"><img src="/portugal/PageFiles/51733/013.gif" alt="Raias" border="0" /></a>

Tópicos
Etiquetas