Serra responde. Mal

13 comentários
Notícia - 20 - out - 2010
Campanha do PSDB tenta pintar seu candidato de verde para os ciberativistas e colaboradores do Greenpeace. É puro discurso. Falta compromisso com um futuro diferente.

Os ciberativistas e colaboradores que pediram – enviando petição do Greenpeace – para os presidenciáveis detalharem seus planos para manter as florestas em pé e investir em energia renovável, andam recebendo uma resposta da equipe do candidato José serra (PSDB). Ela inclusive usa o símbolo da campanha “Vote por um Brasil mais verde e limpo”, o que tem levado alguns de seus destinatários a contundi-la com um email oficial do Greenpeace. Mas basta ler o texto para perceber o engano. Nele não há de fato uma proposta concreta para tornar o Brasil mais verde e limpo.

Diz o email que Serra não é tucano apenas por filiação partidária, mas por ser um legítimo ambientalista – ecoando frase do candidato que seu ambientalismo é fruto de sua convicção. Como exemplo dela, cita a lei do clima, aprovada em seu governo, para controlar as emissões de gases que causam o aquecimento global no estado de São Paulo. A lei é importante e inovadora, mas o candidato esquece de mencionar que ela não só ainda não foi posta em prática como deixou de fora – por esquecimento ou propósito, coisa que Serra nunca explicou – o setor de transporte, maior responsável por emissões nas fronteiras  paulistas.

O e-mail convida quem assinou a petição do Greenpeace a conhecer no site da campanha de Serra uma série de outras ações que ele teria tomado, como governador, para proteger a natureza. Seu texto alega serem muitas. Não são. Em sua maioria não passam de uma adaptação de velhas iniciativas, mais voltadas para dar uma mão de tinta verde a um modelo ultrapassado de desenvolvimento do que para apontar um caminho novo, onde a prosperidade do país deixaria de depender da destruição de sua biodiversidade e recursos naturais.

Serra, segundo seu site, teria evitado a emissão de milhões de toneladas de CO2 na atmosfera com projetos de mecanização da cultura da cana no Estado, que dispensariam a queima da palha. Há um mérito em incentivar a mecanização da indústria canavieira. Mas ele ainda se materializa lentamente, pois a queima não foi proibida.

Ou melhor. Ela está meio proibida. Serra baixou resolução para este ano impedindo que se ateasse fogo aos campos de cana no estado entre junho e novembro. Mas só entre 6 da manhã e 10 horas da noite. Na escuridão da madrugada, os céus de São Paulo continuam sendo iluminados pelas chamas das queimadas.

Para a Amazônia, a resposta de Serra aos eleitores traz algumas ações que foram tomadas pelo município e pelo Estado de São Paulo para evitar a entrada de madeira ilegal, principal destino desse recurso. São políticas importantes, que ajudam muito a fechar o mercado para produtos irregulares.

O coração de seu plano para a Amazônia, descrito no site, é constrangedor. Ele fala do imenso potencial hidrelétrico na região – pede, numa mera nota de rodapé, que se preste atenção aos seus impactos sociais e ambientais – e fala de grandes obras para escoar produção na região. Grandes obras, historicamente, sempre implicaram em ondas de devastação. Não há uma proposta como conciliá-las, incluindo aí a agricultura e a pecuária, com a conservação ambiental. Este é o modelo proposto no Desmatamento Zero. 

O mais grave da resposta de Serra não é o que ele diz, mas o que ele não diz. Perde a oportunidade de detalhar um projeto e escolhe apenas apontar para ações isoladas. Os temas ambientais mais pertinentes hoje no Brasil não merecem uma linha. Ele nada fala sobre assumir compromisso com o desmatamento zero e não diz aos nossos ciberativistas e colaboradores como pretende lidar com a ofensiva ruralista contra o Código Florestal se virar presidente. Tampouco diz como pretende ampliar o uso de fontes solar e eólica na geração de eletricidade do país. 

Veja a resposta de Serra, dada em setembro desse ano ao Portal IG, a uma pergunta sobre hidrelétricas de Marcelo Furtado, diretor-executivo do Greenpeace Brasil.

 

Em tempo, ainda que mal, Serra mandou resposta à petição do Greenpeace. Dilma, por enquanto, segue em silêncio.

Vote por um Brasil mais verde e limpo.

13 Comentários Adicionar comentário

verde_ja says:

Importante o post da Sonia Francine. Precisamos conferir ponto a ponto a política ambiental de Serra à frente do Governo do Estado. E suas p...

Enviado 25 - out - 2010 às 20:48 Denunciar abuso Reply

Read More Read Less

soniafrancine says:

Já que o Greenpeace mantém a informação errada sobre a Política Estadual de Mudanças Climáticas e, depois de uma ol...

Enviado 24 - out - 2010 às 21:38 Denunciar abuso Reply

Read More Read Less

johnpool02 says:

Brasil, mantida por patria, guerras unidas por politicos corruptos comos tais e outros que se passaram. Portanto ond evai parar, mais de 500 anos o br...

Enviado 23 - out - 2010 às 19:23 Denunciar abuso Reply

Read More Read Less

bossanove says:

p/ ambas as partes, contem conosco pro que der e vier!

Enviado 22 - out - 2010 às 18:18 Denunciar abuso Reply

cnobrega says:

Onde e quando aconteceu a Audiência Pública relativa ao empreendimento em Alphaville?

Nota da SMA não esclarece...
...

Enviado 22 - out - 2010 às 15:34 Denunciar abuso Reply

Read More Read Less

cnobrega says:

Xico Graziano deve muitas explicações.
Antes de mais nada, aos próprios paulistas.

Reparo que até hoje nã...

Enviado 22 - out - 2010 às 15:13 Denunciar abuso Reply

Read More Read Less

soniafrancine says:

Bom, já que não houve nem sinal de correção e o texto já foi compartilhado mais cem vezes, aí vai a Seção da ...

Enviado 22 - out - 2010 às 1:38 Denunciar abuso Reply

Read More Read Less

DR GERDIL says:

O Greenpeace Brasil é Petista ?

Enviado 21 - out - 2010 às 21:54 Denunciar abuso Reply

Xico Graziano says:

Com veemência, repilo as colocações mal feitas e tendenciosamente colocadas nesse artigo sobre a posição de José Serra a...

Enviado 21 - out - 2010 às 18:55 Denunciar abuso Reply

Read More Read Less

soniafrancine says:

O texto tem opiniões e ironias das quais eu discordo profundamente: "PSDB tenta pintar candidato de verde", "é só discur...

Enviado 21 - out - 2010 às 17:00 Denunciar abuso Reply

Read More Read Less

1 - 10 de 13 resultados.

Postar um comentário 

Para postar um comentário, você precisa estar logado.