Zara aceita lavar a roupa suja

5 comentários
Notícia - 28 - nov - 2012
Após campanha global do Greenpeace, a Zara assumiu compromisso de eliminar todos as substâncias químicas perigosas de sua cadeia de produção.

Ativistas do Greenpeace vestidos como esqueletos de manequim na loja da Zara em Genebra. © Greenpeace / Alban Kakulya

O maior varejista de moda do mundo, o grupo têxtil Inditex, do qual a Zara faz parte, assumiu hoje o compromisso de eliminar todas as substâncias químicas perigosas de sua cadeia de produção, incluindo a de fornecedores, até 2020. A decisão é uma resposta à pressão pública que a Zara recebeu com a campanha Detox do Greenpeace Internacional.

Como parte do compromisso, a Inditex exigirá que seus 20 fornecedores divulguem informações sobre as substâncias utilizadas já em março de 2013, fazendo com que aqueles que moram perto das fábricas finalmente tenham acesso às informações sobre os descartes de resíduos no ambiente.

“O Greenpeace parabeniza a Zara pelo compromisso de fazer moda sem poluir. Se a maior varejista de moda do mundo pode mudar, não há desculpa para que as outras marcas não limpem suas cadeias de produção”, afirmou Martin Hojsik, Coordenador da Campanha Detox do Greenpeace Internacional. Ele ainda disse que “as pessoas se manifestaram em todo o mundo contra a moda tóxica e agora é o momento para que outras marcas, como a Esprit, Gap, Levi’s e a Victoria Secret ouçam seus clientes e se 'desintoxiquem' também”.

O compromisso e a resposta da Zara vieram apenas oito dias depois de o Greenpeace ter lançado o relatório “Fios tóxicos: o grande remendo da indústria da moda”, em Pequim. Desde então, mais de 300 mil pessoas se juntaram à campanha, com dezenas de milhares de pessoas compartilhando a mensagem de que a Zara precisava limpar sua cadeia de produção no Facebook e no Twitter. Sem deixar de mencionar as mais de 700 pessoas que foram às ruas protestar nas fachadas das lojas da Zara em todo o mundo.

A Zara é a oitava marca a se comprometer a eliminar o descarte de produtos químicos perigosos em toda sua cadeia de fornecimento e em seus produtos desde que o Greenpeace lançou a campanha Detox, em 2011.

Além disso, a Zara exigirá que pelo menos 20 fornecedores comecem a divulgar os dados sobre poluição até o final de março de 2013 e pelo menos cem fornecedores até o final de 2013, incluindo informações sobre os corantes azóicos que são cancerígenos.

“As pessoas têm o direito de saber com o que os seus rios estão sendo poluídos e quais são os produtos químicos perigosos em suas roupas. O compromisso da Zara de agir de forma mais transparente é um marco na maneira como as roupas são fabricadas e será a chave para forçar que mais marcas se comprometam com a poluição ‘zero’ por substâncias químicas perigosas até 2020”, disse Li Yifang, da campanha de Tóxicos do Greenpeace Sudeste Asiático.

A campanha Detox do Greenpeace exige que as marcas de moda se comprometam a não descartar nenhum resíduo químico perigoso no ambiente até 2020 e que exijam que seus fornecedores divulguem todas as substâncias tóxicas descartadas nos rios para as comunidades locais.

5 Comentários Adicionar comentário

(Não registado) Julio Cesar says:

Obrigado GreenPeace pela luta incansável para manter o nosso planeta habitável e o nosso ecossistema possível de se viver em condiç...

Enviado 15 - dez - 2012 às 7:12 Denunciar abuso Reply

Read more Read less

says:

Eu axei muito significativa esse primeiro passo, agora espero que surgem seguidores desse bom exemploo.

Enviado 3 - dez - 2012 às 8:34 Denunciar abuso Reply

says:

Eu axei muito significativa esse primeiro passo, agora espero que surgem seguidores desse bom exemploo.

Enviado 3 - dez - 2012 às 8:34 Denunciar abuso Reply

(Não registado) luxcifero says:

Conhecendo a ZARA como eu conheço tenho minhas duvidas quanto a total despoluição mas, o importante é que um primeiro passo foi da...

Enviado 30 - nov - 2012 às 14:45 Denunciar abuso Reply

Read more Read less

(Não registado) Helenilze Rodrigues Resende says:

Que outras grandes empresas sigam o exemplo da Zara, e fabriquem pecas sem residuos quimicos que prejudiquem a saude dos compradoes, ou que poluam o m...

Enviado 29 - nov - 2012 às 15:44 Denunciar abuso Reply

Read more Read less

1 - 5 de 5 resultados.

Postar um comentário 

Para postar um comentário, você precisa estar logado.