Vestido sustentável usado pela atriz Naomie Harris é tendência no tapete vermelho do Oscar (Crédito: Divulgação Red Carpet Green Dress).

 

O tapete vermelho da cerimônia anual do Oscar sempre foi palco para os melhores estilistas exibirem suas peças nos corpos cobiçados dos astros de Hollywood. Com a alta da moda ambientalmente correta, produções “verdes” agora também ganham espaço no evento que premia os maiores do cinema internacional. A representante da moda sustentável na edição deste domingo foi a atriz Naomie Harris.

A ex-Bond girl vestia um longo amarelo na cerimônia. Mas aquele não era um vestido comum. Além de linda, a peça foi criada pelo jovem designer Michael Badger com a ajuda de Vivienne Westwood e sua equipe de alta-costura, e foi desenhada para ter o menor impacto possível no planeta.

A produção fez parte do concurso “Tapete Vermelho Vestido Verde”, fundado há quatro anos por Suzy Amis Cameron, esposa do diretor James Cameron, que se inspirou na popularidade da temática apresentada pelo filme Avatar, em 2009. O concurso lança o desafio para designers criativos de todo o mundo, para criarem um vestido à altura do tapete vermelho feito com tecidos orgânicos, sustentáveis ​​ou reciclados, que mostram um respeito ao meio ambiente e seus recursos.

Para montar o look deste ano, a equipe do "Tapete Vermelho Vestido Verde" entrou em contato com uma série de especialistas e consultores externos, incluindo o Greenpeace, para tentar fazer o vestido com os mais altos padrões ambientais possíveis.


Tudo foi feito a partir do tecido orgânico e certificado da fábrica GOTs, com botões e fechos recuperados (provenientes de peças vintage de Vivienne Westwood), e através de processos naturais selecionados, como o uso de camomila e capim dourado para ajudar a alcançar a cor ideal para o vestido.

Mas nada é perfeito. E isso enfatiza a necessidade de grandes marcas e fornecedores tomarem medidas urgentes para limpar a indústria da moda e atender à crescente demanda por produtos que agregam valor ao nosso meio ambiente, sem contribuir com o desmatamento de florestas tropicais ou com a poluição tóxica dos rios.

O vestido cumpriu um papel importante pela quantidade e o grau de influência das pessoas que o viram. A história por trás deste vestido vai ajudar a levar para o grande público e para aqueles que têm poder de mudar o sistema, a mensagem sobre a necessidade urgente de transformar a forma como as roupas são feitas.