Atividade celebra o Dia Mundial dos Corais da Amazônia e chama atenção para a necessidade de defendê-los da exploração de petróleo.

Dia Mundial dos Corais da Amazônia em São Paulo (Foto: © Raquel Cardoso / Greenpeace)

Neste final de semana, ativistas do Greenpeace comandaram atividades em 25 cidades brasileiras para celebrar o Dia Mundial dos Corais da Amazônia. Em ruas, praças e praias, eles montaram quebra-cabeças gigantes, de até 255 peças, com uma ilustração desse bioma marinho. Eles também criaram banners humanos, tiveram programação cultural e conscientizaram a população sobre a necessidade de defender esse bioma das empresas petrolíferas que planejam explorar petróleo na região próxima a ele. (Confira abaixo a lista de cidades onde aconteceram as atividades)

> Veja mais fotos das atividades pelo Brasil

A organização das atividades foi toda pensada e organizada pelos grupos de voluntários do Greenpeace e apoiadores da campanha “Defenda os Corais da Amazônia”. Foram mais de 200 envolvidos que, desde dezembro, planejaram como comemorar a data.

Segundo Eliana Gonçalves, responsável pelas mobilizações de campanhas do Greenpeace Brasil, quando o Greenpeace enviou um e-mail para seus ciberativistas e voluntários convidando-os para liderar as atividades, a adesão foi imediata.

“Muitas dessas pessoas nem se conheciam, mas rapidamente criaram uma relação de confiança e parceria. Pareciam até amigos de infância, muito comprometidos em espalhar a mensagem para defendermos os Corais da Amazônia. Isso mostra como é possível unir pessoas em prol do meio ambiente. Vê-las saindo às ruas para se divertir e compartilhar conhecimento sobre as causas ambientais tem um valor imensurável”, diz Eliana.

Comemoração do Dia Mundial dos Corais da Amazônia em Natal (Foto: © Vitor Arrais / Greenpeace)

O Dia Mundial dos Corais da Amazônia aconteceu no 28 de janeiro porque foi exatamente nesta data, há um ano atrás, que as primeiras imagens subaquáticas desse ecossistema foram divulgadas. Na ocasião, o Greenpeace, junto a cientistas, fazia uma expedição com um submarino tripulado para ver o bioma, seus habitantes e particularidades.

Desde então, a existência dos Corais da Amazônia ganhou evidência no mundo todo. Mais de 1,6 milhão de pessoas já assinaram uma petição online exigindo que as empresas BP e Total desistam dos planos de explorar petróleo perto dos Corais.

Para Amanda Melo, de 17 anos e voluntária do Greenpeace São Luís, o Dia Mundial dos Corais Amazônia transmitiu a mensagem para a preservação desse ecossistema revelado recentemente e que já está ameaçado. “Cada convidado colaborou para ação ser surpreendente. Engajamos mais de 200 ‘serumaninhos’ por meio das redes sociais e cada participante foi uma peça essencial para a montagem da nossa mensagem, me alegra saber que existem pessoas animadas em ajudar a natureza sem receber nada em troca. O quebra-cabeça humano que promovemos afetou minha vida como voluntária do Greenpeace de maneira imensurável, essa foi nossa primeira atividade com um grande número de convidados, foi um desafio que ultrapassamos e acredito que estou pronta pra ações nessa magnitude. Finalizo dizendo que faça chuva ou faça sol estarei voluntária do Greenpeace! Vai planeta!”.

Onde aconteceram as atividades?

Belém
Belo Horizonte
Bertioga
Brasília
Campo Grande
Cuiabá
Florianópolis
Fortaleza
Imbé
João Pessoa
Macapá
Marechal Deodoro
Manaus
Natal
Palmas
Recife
Rio de Janeiro
Salvador
Santos
São Luís
São Paulo
Vargem Grande do Sul
Vitória
Junqueiro
São Bernardo do Campo

Artigos relacionados

Comments

Deixe um comentário

Discussion

Close