#Clima #Energia

Emergência climática

Participe

Diante do desmatamento em alta e da falta de ação para frear as mudanças climáticas, Manaus, Porto Alegre e São Paulo realizam mais uma Greve Global pelo Clima

Global Climate Strike in São Paulo, Brazil. © Barbara Veiga / Greenpeace
Greve Global do Clima, em São Paulo, 20/09. © Barbara Veiga / Greenpeace © Barbara Veiga / Greenpeace

O movimento mundial que reúne cidadãos do mundo para cobrar a falta de ação de empresas e governantes para frear as mudanças climáticas já faz parte da agenda de ações também aqui no Brasil. Acontecerá nesta sexta-feira, 29 de novembro, em Manaus, Porto Alegre e São Paulo mais uma Greve Global pelo Clima. 

A primeira grande mobilização, em 20 de setembro, levou milhares de brasileiros às ruas, e milhões no mundo, para pedir por justiça climática, fim do uso de combustíveis fósseis e a punição dos maiores poluidores do planeta. Enquanto não forem tomadas ações efetivas para enfrentar a emergência climática, essa agenda será mantida. 

Na mobilização desta sexta-feira, a ocupação do espaço público pretende dar voz à população de um novo jeito, pelo menos no Brasil. Diferentemente da marcha de setembro, as mobilizações terão forma de protesto político-cultural, abrindo espaço para manifestações artísticas, oficinas, microfone aberto à população e a garantia de diálogo para aprofundar a conversa sobre o tema. É mais um exemplo de articulação da sociedade para lutar por um mundo mais justo, melhor e mais saudável.

O Brasil, guardião da Amazônia, a maior floresta tropical do mundo que é essencial para a regulação do clima do planeta, vive os impactos do desmonte dos órgãos ambientais e de ações do governo federal que têm colocado em risco nossa principal chance de contribuir para a redução do superaquecimento global. Por isso, agir em defesa da Amazônia, de todos os biomas e dos povos originários que os resguardam é mais do que um direito: é um dever.

A seguir, veja os locais e as informações das manifestações confirmadas até o momento:

São Paulo

16 horas, no Largo da Batata

Em forma de um protesto político-cultural, a programação prevê apresentações musicais e falas de especialistas e ativistas. Estão confirmadas as participações dos grupos Cabaré Feminista, Black Slam, Toré Indígena e da poeta Kimani. Também haverá banquinhas de conversa sobre diversos temas ligados às mudanças climáticas. 

Link do evento: https://www.facebook.com/events/750640122114437/

Manaus

15h00, na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas – Aleam

Link do evento: https://www.facebook.com/events/407506543462400/  

Porto Alegre 

16 horas, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do SulLink do evento: https://www.facebook.com/events/2554169814811913/