Greenpeace Brasil lança campanha de arrecadação emergencial para vítimas das fortes chuvas; faça parte desta rede de solidariedade

As doações irão contribuir na montagem de cozinhas solidárias organizadas em diferentes municípios do Sul do país (Foto: Alass Derivas)


As consequências da crise climática no Rio Grande do Sul são devastadoras: mais de 1 milhão de pessoas impactadas, mais de cem mortos e desaparecidos. Um cenário de guerra alertado pela ciência há décadas e que hoje é parte da nova (e grave) realidade do clima.

Diante do tamanho dessa tragédia, o Greenpeace Brasil se soma à rede de solidariedade formada nos quatro cantos do Brasil para apoiar a população gaúcha por meio de uma campanha de arrecadação emergencial. E, mais do que nunca, precisamos da sua ajuda!

Estamos em contato direto com organizações locais e nossos voluntários do Sul para apoiar em demandas emergenciais, entendendo as necessidades e atuando para endereçá-las.

No momento, as doações irão contribuir na montagem de cozinhas solidárias organizadas pelo Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB-RS) para a distribuição de marmitas, além de produtos de higiene e outros itens essenciais.

Também realizaremos doações de canudos filtráveis, em parceria com a organização Saúde e Alegria, para ampliar o acesso à água potável nesse momento de crise.

É importante ressaltar que 100% do valor arrecadado será destinado a ações de apoio às vítimas das enchentes do Sul do país. Prestaremos contas com absoluta transparência conforme os repasses e compras forem feitos.

É tempo de solidariedade e o Greenpeace Brasil seguirá fortalecendo essa trincheira enquanto for preciso.

Ainda que saibamos que ações de solidariedade em situações de calamidade são essenciais, também temos a certeza de que é preciso  muito mais para que essas áreas se tornem mais seguras e resistentes às variações climáticas extremas que virão e para evitar que tragédias como essa se repitam.

Precisamos falar sobre adaptação!

Infelizmente, eventos climáticos extremos como o que assola o Rio Grande do Sul neste momento estão cada vez mais intensos e frequentes e, para enfrentar o cenário de emergência climática, precisamos de políticas públicas concretas que apontem para adaptação das cidades e para uma cultura de prevenção.

Sendo assim, temos cobrado do governo federal, governos estaduais e prefeituras pelas políticas públicas de prevenção, adaptação e resposta, com a garantia da participação popular em todo o processo, do planejamento à implementação.

Só conseguiremos evitar o pior da crise climática, que impacta diretamente as populações vulnerabilizadas, a enfrentando com responsabilidade. Isso só acontecerá com a implementação de um plano robusto de adaptação e mitigação,  e com a priorização de uma transição energética justa de verdade.

Por favor, faça a sua doação e apoie diretamente as vítimas do Rio Grande do Sul!

O Rio Grande do Sul enfrenta uma tragédia climática sem precedentes, com mais de 1 milhão de pessoas diretamente impactadas pelas fortes chuvas. Nossa campanha está destinando recursos para a compra e entrega de suprimentos emergenciais e apoiando cozinhas solidárias. Precisamos da sua solidariedade nesse momento tão crítico. Clique abaixo e doe agora.