Este episódio do podcast se inspira na estreia da série Aruanas, na TV Globo, para falar de como obras de ficção se inspiram na realidade, e também podem impactar o mundo em que vivemos

Se a arte imita a vida, ela pode também inspirar transformações na vida? Neste episódio, aproveitamos que a série Aruanas estreou na TV Globo para refletir sobre como as obras de ficção podem ser uma boa porta de entrada para temas como o ativismo e meio ambiente. Afinal, a arte tem o poder precioso de falar direto com o coração das pessoas. 

A série conta a história fictícia de quatro mulheres que trabalham em uma ONG ambiental e fazem de tudo para proteger a floresta amazônica e os povos indígenas. Na vida real, a Amazônia está sob ameaça do desmatamento e das políticas anti-ambientais do governo. Ou seja, ficção e realidade têm muito em comum. 

Os entrevistados foram Marcos Nisti, roteirista de Aruanas, e Thainá Duarte, que interpreta Clara, a estagiária da ONG.

 Assine o feed | Ouça no Spotify | Ouça no iOS | Ouça no Android

Links de referência sobre o tema:

Créditos:

  • Apresentação: Rafael Silva e Thaís Herrero;
  • Produção: Camila Doretto;
  • Entrevistados: Marcos Nisti e Thainá Duarte;
  • Sound Design: Compasso Coolab;
  • Trilha original: Marcellus Meirelles e Alexandre Luppi;
  • Edição: Pedro Moura.

Antes que se vá, pedimos o seu apoio. Neste momento de quarentena, mantemos nossos escritórios fechados, mas nossa equipe segue de casa trabalhando em nossas campanhas, pesquisas e no monitoramento dos crimes ambientais. Sua doação é muito importante para que esse trabalho continue sendo feito com independência e qualidade, pois não recebemos recursos de governos e empresas. Clique e se torne um doador.