Foto de uma tartarugas nadando em um recife de corais no oceano.

Proteja os oceanos!

Apenas um Tratado Global de Oceanos pode garantir o equilíbrio climático e a biodiversidade marinha!

Ao clicar em "Assinar", você concorda com nossa política de privacidade e em receber comunicações através dos meios de contato fornecidos. Adotamos altos padrões de segurança e você pode deixar de receber comunicações quando quiser.

Desejo receber atualizações do Greenpeace via WhatsApp
Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

pessoas já assinaram

Por que exigir um Tratado Global de Oceanos?

Os oceanos fornecem metade do nosso oxigênio, comida para mais de 1 bilhão de pessoas e lar para a maior diversidade de espécies do planeta. Ainda assim, graças aos impactos das mudanças climáticas, da poluição e de indústrias que causam destruição, como a mineração e pesca ilegais, eles estão sob grave ameaça. É urgente criar um instrumento internacional para proteger nossas águas!

Foto de um coral branco debaixo do oceano.
Foto de um mergulhador com uma placa do Greenpeace

Estamos destruindo o habitat de milhares de espécies


Em diferentes países, o Greenpeace atua em defesa de um acordo internacional que garanta a proteção, conservação e restauração dos oceanos. A criação de áreas marinhas protegidas (os santuários oceânicos) é fundamental para ajudar esses ecossistemas a se recuperarem. Os oceanos equilibram o clima e vêm absorvendo silenciosamente todo o calor emitido pelos gases de efeito estufa que a humanidade produz. Nossa saúde depende deles!

O desafio é global, mas o Brasil não fica para trás

Em nosso país, já registramos episódios de grande impacto aos nossos mares, principalmente os relacionados à exploração petrolífera. Óleo no Nordeste, rejeitos minerários chegando a Abrolhos, blocos de petróleo na cadeia de Atol das Rocas e Noronha, desmatamento dos manguezais… Nossa segurança alimentar e meios de subsistência estão ameaçados. Precisamos agir!

Foto de um homem em uma ação direta não violenta executada na frente do congresso nacional. Suas mãos estão sujas de um material similar ao petróleo e sua camisa diz "Brasil Manchado de Óleo", em alusão à uma contaminação de petróleo ocorrida em uma praia brasileira em 2021.
Foto de uma garrafa plástica no oceano. A garrafa está no mar há tanto tempo que está começando a formar vidas marítimas grudadas nela.

O Greenpeace já reuniu mais de 4 milhões de assinaturas no mundo

O apoio ao abaixo-assinado em defesa dos oceanos é importante para a tomada de decisões globais e ajuda diversos escritórios do Greenpeace ao redor do mundo a pressionarem líderes mundiais por um acordo efetivo. É preciso reverter essa situação e cabe a todos agir. Faça a sua parte e assine agora mesmo!


Explore outros tópicos