#Mobilização

Junte-se ao time de voluntários

Para fazer parte da nossa rede de voluntariado é só entrar no Greenwire, se conectar com outros ativistas ao redor do Brasil e participar das…

Participe

O Banana-Terra busca desenvolver através dos jovens projetos de mobilização na defesa do meio ambiente e na promoção dos direitos humanos

Manual lançado pelo Projeto Banana-Terra apresenta passos e ferramentas para ajudar jovens que querem promover as mudanças com as quais sonham.

Entre os dias 20 e 27 de setembro, milhões de pessoas vão às ruas em vários países na Greve Global pelo Clima, uma mobilização formada por uma juventude sensível, informada, com opinião e que sabe o que quer para o presente e para o futuro de todos. 

Por acreditar e reconhecer o poder da nossa juventude, o Projeto Banana-Terra, uma parceria entre os escritórios brasileiros da Anistia Internacional e do Greenpeace, busca desenvolver e estimular jovens a combater práticas que agridam o meio ambiente e violações de direitos humanos, através do ativismo. 

E o Projeto Banana-Terra está lançando o manual Semeando Poder – Um Guia Para Mudar o Mundo. Ele apresenta passos e ferramentas para ajudar jovens que querem promover as mudanças com as quais sonham.

Quem baixar o material, que é gratuito, terá acesso a exercícios práticos sobre como criar e colocar em prática projetos, como fazer isso com segurança, como comunicá-los de forma eficiente para outras pessoas e também como medir se sua empreitada está ou não tendo sucesso. Baixe o manual completo aqui.

Todo o conteúdo do manual foi oferecido durante as oficinas do Projeto Banana-Terra, que treinou 82 jovens ativistas das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste para defenderem os direitos humanos e o meio ambiente. Como a formação permitiu que as e os participantes impactassem mais de 13 mil pessoas, agora ela está sendo disponibilizada por meio do site www.bananaterra.org.br e pode ser acessada por todo mundo.

“Antes do Projeto Banana-Terra, eu tinha medo de defender as coisas nas quais acredito, mas as oficinas me fizeram acreditar que eu daria conta. Ganhei autoconfiança!”, conta Caio Áspet, 23, que usou o que aprendeu para impedir o desmatamento do Parque dos Poderes, em Campo Grande (MS).

Caio Áspet é um dos jovens que participou das oficinas do Projeto Banana-Terra. © Felipe Augusto / Greenpeace

No site há mais informações sobre o Caio e outras e outros jovens ativistas que participaram das oficinas e que agora estão espalhando a mudança por aí.

Jéssika Oliveira é jornalista do Projeto Banana-Terra