Voluntáries de São Paulo participaram da 26° Parada do orgulho LGBTQIAP+, marcando presença para ressaltar a importância de escolher uma política que valorize a diversidade e o meio ambiente.

Bom dia, galera! Eu espero que estejam bem. Piscamos e já estamos quase na última semana de junho 😱.

Você lembra que este é o mês do orgulho LGBTQIAP+, né? Desde o início dos anos 1970, o Greenpeace alinhou o ativismo ambiental (Green) com uma forte crença na igualdade, inclusão, diversidade e democracia (Peace). 

Por isso, participamos da Parada do Orgulho LGBTQIAP+ de São Paulo 2022

Olha só, quanta gente bonita lutando por um mundo mais verde, pacífico e diverso ❤️🧡💛💚💙💜

Fotos: @Andrine Souza / Greenpeace

Infelizmente, as notícias dos últimos dias não são tão positivas. Foi confirmado o assassinato do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips, pessoas que estavam dedicando seu tempo, seu conhecimento e suas vidas por amor a uma causa e, principalmente, por outras pessoas que são silenciadas pela violência e pela criminalidade. Mas, dessa vez, essa crueldade não ficou oculta. Voluntários e voluntárias, do Greenpeace de todo Brasil, se mobilizaram cobrando a responsabilização pelo crime, e que a justiça seja feita para os ativistas, família, povos indígenas e todos que lutam por um mundo melhor.

O Brasil é o 4° país que mais mata ativistas socioambientais no mundo! Confira esse vídeo do grupo de voluntas de Belo Horizonte.

Belém, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Salvador e Zona da Mata produziram um vídeo para chamar atenção sobre o desaparecimento de Dom e Bruno, em vários idiomas. Veja o vídeo!

Após a confirmação da morte dos ativistas, os grupos locais participaram de manifestações, on-line e presenciais cobrando por justiça, veja:

Manaus

Grupo de voluntas de Manaus participou de um ato público no Reservatório do Mocó, em frente a sede da FUNAI, denunciando invasões ao Vale do Javari/AM, e o assassinato de Bruno e Dom. 

João Pessoa

São Paulo

Porto Alegre

Belo Horizonte

Na segunda (20), os voluntas de Belo Horizonte ocuparam a Assembleia Legislativa de Minas Gerais que analisa a PEC (Proposta de Emenda à Constituição), de tombamento estadual da Serra do Curral para exigir o tombamento integral da região.

E a mobilização não para! Porto Alegre lembrou o Dia Mundial de Combate à Desertificação e à Seca. O objetivo da data é conscientizar sobre os efeitos negativos da desertificação, como por exemplo, uso inadequado do solo, desflorestação e más práticas de irrigação.

Por falar em desertificação, a Amazônia pode virar um deserto! Com o desmatamento nesse ritmo exacerbado, poderemos chegar ao ponto irreversível de recuperação. Já imaginou, a maior floresta tropical do mundo, se tornar um deserto? Inúmeras consequências negativas seriam geradas para nós. Veja só o post de Belém:

Dia 16 de junho, foi o “Dia Mundial das Tartarugas Marinhas”. Você sabia que as tartarugas marinhas são animais pré-históricos que estão no planeta há pelo menos 120 milhões de anos? Infelizmente, estão em risco de extinção por conta da pesca predatória e da alta quantidade de plástico nos oceanos. Porto Alegre fez questão de lembrar da data, alertando que é necessário melhorar as leis de proteção ambiental.

A galera de Goiânia te ensina a fazer um “Café da manhã para preguiçosos”. Quem nunca acordou num daqueles dias que nem comer tá afim só pelo fato de ter que cozinhar? Então, arrumamos um jeito de driblar essa preguiça. Vem ver!

Belo Horizonte arrasou na receita de bolinho de feijão, pra você fazer aquele lanchinho rápido e gostoso 😛

Uma ótima opção para você que busca reduzir o consumo de carne na sua dieta, é buscar cada vez mais diversidade de alimentos. Você sabe o que são as PANCs? São Plantas Alimentícias Não Convencionais. Belém, aproveitou o sábado (18), Dia da Gastronomia Sustentável 🌺, para falar mais sobre elas: