Ao centro, vemos o Presidente da República Luís Inácio Lula da Silva, um homem idoso, com barba e cabelos brancos e expressão neutra. Ele veste uma camisa social branca e um paletó cinza. Lula está com os braços na frente do corpo dobrados para cima, com as palmas das mãos viradas para cima, como se segurasse duas coisas. Na mão esquerda, ele segura torres e chaminés, que simbolizam a indústria do petróleo. A imagem está em preto e branco. O fundo à esquerda, atrás dele, também está em preto e branco, com fumaças e elementos em forma líquida escorrendo, fazendo alusão ao petróleo. Na mão direita, ele segura uma árvore saudável, com muitas folhas na copa e raízes aparentes. O fundo à direita é colorido, e simboliza a natureza de forma saudável. Podemos ver um sol, folhas e matas, uma garça voando, o fundo do mar com corais e peixes, e uma placa de energia renovável.

Petróleo na Amazônia não!

As contradições do “Brasil do petróleo” ficaram evidentes na COP28. Nos ajude a pressionar o presidente Lula a honrar o compromisso de proteger o clima e a Amazônia, a declarando uma zona livre de petróleo.

Ao clicar em “Assinar”, você concorda com nossa política de privacidade e em receber comunicações através dos meios de contato fornecidos. Adotamos altos padrões de segurança e você pode deixar de receber comunicações quando quiser.

Desejo receber atualizações do Greenpeace via WhatsApp
Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Hidden
Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

pessoas já assinaram

O petróleo é nosso… passado

A queima de combustíveis fósseis agrava a crise climática. Se o Brasil quer se consolidar como uma liderança climática, apostar na abertura de novas fronteiras de exploração de petróleo em áreas sensíveis, como a Bacia da Foz do Amazonas, é uma contradição que vai custar caro! 

Em primeiro plano há uma ativista do Greenpeace segurando um cartaz com os dizeres "O petróleo é nosso passado". Ao fundo temos o prédio da Petróbras, no Rio de Janeiro, e nele os ativistas projetam mensagens em uma ação que pede a transição energética justa e também a não exploração de petróleo na Amazônia.


A Amazônia é nosso futuro!

Precisamos de um modelo de desenvolvimento que respeite os limites da natureza, os direitos dos povos e que conte com o comprometimento de diversos setores do Estado – incluindo a própria Petrobras. É hora de investir em uma transição energética justa e real!

Vida marinha em risco

Na bacia da foz do maior rio do mundo, fica o Grande Sistema de Recifes do Amazonas, um importante e recém descoberto ambiente, ainda pouco conhecido pela ciência. Nessa zona costeira sensível, está também o maior cinturão contínuo de manguezais do planeta, um berçário de vida marinha e sustento para comunidades costeiras.


O preço do petróleo

Entre 2012 e 2020, o número de campos petrolíferos na Amazônia aumentou em 13%.* Continuar apostando neste modelo não é só um erro socioambiental e climático – mas também, diante do processo de descarbonização da economia global, pode se tornar um equívoco econômico, inclusive, com afastamento de financiamento climático.

*Fonte: RAISG, 2020. Amazônia Sob Pressão.


Nos ajude a proteger a Amazônia!

Se não levantarmos nossas vozes contra o petróleo na Amazônia agora, poderemos enfrentar tragédias socioambientais sem precedentes. É por isso que estamos pressionando o presidente Lula e o governo federal para que declarem a Amazônia como zona livre de petróleo, impedindo novos projetos na região. Podemos contar com você?

Arte ilustrativa dividida ao meio, e em cada lado, vemos um cenário diferente. O lado esquerdo está em preto e branco, e no centro encontramos torres e chaminés. Delas, saem fumaças, e por trás, elementos em forma líquida escorrendo, fazendo alusão ao petróleo. Essa imagem representa o lado negativo da indústria do petróleo. Ao lado direito, vemos uma imagem colorida, que representa a natureza de forma saudável.  Na mão direita, ele segura uma árvore saudável, com muitas folhas na copa e raízes aparentes. O fundo é colorido e podemos ver um sol, folhas e matas, uma garça voando, o fundo do mar com corais e peixes, e uma placa de energia renovável.

Entenda por que o fim dos combustíveis fósseis é tão importante:


Explore outros tópicos