Em carta, oito ex-ministros cobram que o país reafirme sua responsabilidade com a proteção do meio ambiente

Encontro dos ex-ministros de meio ambiente (a partir da esq.): José Carlos Carvalho, José Sarney Filho, Izabella Teixeira, Rubens Ricupero, Marina Silva, Edson Duarte e Carlos Minc. @Leonor Calasans/IEA-USP

Após encontro inédito realizado na USP, em São Paulo, nesta quarta-feira, oito ex-ministros do Meio Ambiente divulgaram uma carta conjunta criticando duramente as políticas ambientais do novo governo. “A governança socioambiental no Brasil está sendo desmontada, em afronta à Constituição”, declararam no documento, assinado por Rubens Ricupero, Gustavo Krause, José Sarney Filho, José Carlos Carvalho, Marina Silva, Carlos Minc, Izabella Teixeira e Edson Duarte.

No documento, reafirmam que a proteção ambiental é essencial para o desenvolvimento e que “isso se faz com quadros regulatórios robustos e eficientes, com gestão pública de excelência, com a participação da sociedade e com inserção internacional”.

Confira a íntegra da nota