Baixe o episódio | Assine o feed | Ouça no Spotify | Ouça no iOS | Ouça no Android

O Cerrado está gravemente ameaçado na região do Matopiba, que reúne municípios do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. Apresentada como a “vitrine” do agronegócio, a região na realidade está sofrendo com desmatamento, esgotamento de recursos naturais e concentração de renda. O relatório “Segure a Linha: A Expansão do Agronegócio a Disputa pelo Cerrado“, recém-lançado pelo Greenpeace, mostra que municípios campeões na produção de soja na região não tem indicadores de desenvolvimento social condizentes com a riqueza que produzem na balança comercial. De fato, 58% dos municípios do Matopiba continuam pobres e são ainda mais desiguais do que a média de seus estados.

O relatório que aborda as consequências do avanço do agronegócio sobre o Cerrado é assunto deste episódio do podcast As Árvores Somos Nozes. Para dar voz a essa realidade chamamos Fátima Barros, uma liderança quilombola que resiste com sua família na região do Matopiba. Ela conta sua emocionante história de vida e luta na região e o que está fazendo para continuar defendendo a terra onde vive. O bate-papo também tem a presença de Adriana Charoux, da campanha da Amazônia do Greenpeace, que traz alguns dos dados mais relevantes do nosso relatório. Ouça já!

Créditos:

  • Apresentação: Paulina Chamorro
  • Produção: Camila Doretto
  • Sound Design e edição: Compasso Coolab
  • Trilha original: Marcellus Meirelles e Alexandre Luppi
  • Coordenação artística: Raquel Zorzi