Em tempos de isolamento social, é importante nutrir o corpo e a mente e, quem sabe, mudar comportamentos. Selecionamos alguns filmes sobre questões ambientais sensíveis que nos fazem refletir sobre como melhorar a nossa relação com o planeta


Pandemias como a do coronavírus expõem duramente a forma ruim como temos nos relacionado com o meio ambiente – a destruição dos ecossistemas está ligada diretamente a expansão de várias doenças. Neste momento de isolamento social, em que solidariedade, paciência e respeito à Ciência tem sido cruciais, também é uma boa oportunidade para entendermos e refletirmos mais sobre o que estamos fazendo com este planeta.

Mais conscientes, podemos buscar soluções e mudar comportamentos quando esta crise passar, em vez de repetir os mesmos erros. Por isso, selecionamos alguns documentários que estão disponíveis nas plataformas de streaming e na Internet. Vai servir para a quarentena, mas vai servir também para sua vida. Além de histórias e imagens incríveis que vão te sensibilizar, você certamente vai aprender mais.

Confira nossa lista e clique nos nomes para saber mais ou acessá-los.

1. Como mudar o mundo
O filme conta a história da fundação do Greenpeace, que veio de uma ideia que parecia maluca: um grupo de hippies de vinte e poucos anos saiu em um barco para impedir testes nucleares no Alasca. O plano não deu certo, mas chamou a atenção do mundo para a proteção do meio ambiente e um pedido de paz. O resultado foi o surgimento do que é hoje a maior organização ambientalista do mundo, com escritórios em 55 países.

2. Mission Blue 
A vida da oceanógrafa norte-americana Sylvia Earle é incrível: quando jovem, começou a mergulhar e fazer parte de missões científicas num tempo em que o mulheres não tinham espaço para isso. Ela fez história com seu comprometimento. Chegou a ser a primeira mulher a chefiar a Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA) e, em 1998, foi nomeada pela revista Time como a primeira Heroína do Planeta. Aos 84 anos, Sylvia continua mergulhando e sendo um exemplo de compromisso e determinação pela causa ambiental. 

3. Sob a Pata do Boi 
Desde a ditadura militar, a Amazônia foi ocupada ilegalmente. Terras públicas viraram pasto e, hoje, a pecuária é o maior vetor de desmatamento da floresta. O documentário explora a relação entre a destruição da Amazônia e a carne, mostrando histórias de fazendeiros e artimanhas políticas por trás da destruição da maior floresta tropical do mundo.

4. Minimalismo: um documentário sobre as coisas importantes
Poderíamos sintetizar e ser minimalistas neste texto: é um filme sobre ter menos coisas. Mas o documentário é rico em conteúdo e reflexões. Ele fala sobre o movimento que defende que é possível viver com menos consumismo e, logo, exigindo menos recursos naturais da Terra. Com menos tempo para suas coisas, sobra tempo para o que realmente importa, como passar mais tempo com a família e amigos.

5. O Amanhã é Hoje
As mudanças climáticas não são apenas uma previsão de cientistas. Elas são uma realidade para muitas pessoas no Brasil e no mundo e esse filme – disponível conta a história de brasileiros que já tiveram suas vidas afetadas de alguma forma. Um exemplo é a jovem indígena que se tornou brigadista voluntária depois que um incêndio florestal sem precedentes atingiu a terra indígena de seu povo, os Krikati. Ou a pequena agricultora do sertão de Pernambuco que enfrentou seis anos de seca. Tudo isso já é sinal de que o clima da Terra mudou e precisamos agir.

6. Dieta dos gladiadores
O mito do consumo de proteína animal para um bom desempenho físico é desmontado nesse documentário que traz até Arnold Schwarzenegger contando como sua saúde melhorou depois de adotar ao vegetarianismo. O nome do documentário vem da descoberta de que até mesmo os lutadores romanos não ingeriam carne animal. Mais de 5 mil ossos de gladiadores indicaram a dieta de legumes e verduras. Uma boa oportunidade para você repensar seu consumo de carne.

7. Nosso planeta
É uma série documental, então se prepare para mais de uma sessão. E, se puder, assista em uma televisão bem grande, pois as imagens são de arrepiar. Preste atenção em cada detalhe incrível de cores e movimentos na tela, de animais, folhas e até do vapor d’água produzido pelo rio Amazonas. Cada episódio traz imagens inéditas sobre a vida natural e diferentes habitats da Terra. O projeto ficou em produção durante quatro anos, passou por dezenas de países e contou com uma equipe de 600 pessoas.

8. Black Ice
Outro documentário sobre a história do Greenpeace. Dessa vez é sobre a marcante prisão de 30 ativistas na Rússia. Eles estavam a bordo do nosso navio Arctic Sunrise protestando contra a exploração de petróleo no mar do Ártico quando foram interceptados pela polícia e detidos sob a acusação de pirataria. Os ativistas ficaram presos por três meses e suas histórias de resistência pacífica, luta ambiental e a injusta acusação rodaram o mundo e conquistaram uma ampla rede de apoio a eles e em defesa da liberdade de protestar de forma pacífica.

9. Em busca dos corais
Um grupo de cientistas e fotógrafos australianos saem pelo país mergulhando em busca de evidências de que o aquecimento global está matando os recifes de corais. Entre dificuldades científicas e alguns imprevistos, o chamado branqueamento dos corais surpreende negativamente pelo alcance e mortandade das espécies. O que poderia parecer uma história com final trágico se transformou em uma rede de solidariedade em defesa dos oceanos. Spoiler: você vai chorar vendo fotos de recifes de corais…
  
10. A Lei da Água
O documentário brasileiro retrata a importância das florestas para a conservação das águas, explicando a relação do Código Florestal que havia sido aprovado em 2012 e a crise hídrica brasileira. Apesar dos anos que nos separam do lançamento do filme, continua valendo a pauta da importância das florestas para nossa qualidade de vida, a fertilidade do solo e a produção de alimentos.

Tem mais alguma recomendação? Conta pra nós.

Antes que se vá, pedimos o seu apoio. Neste momento de quarentena, mantemos nossos escritórios fechados, mas nossa equipe segue de casa trabalhando em nossas campanhas, pesquisas e no monitoramento dos crimes ambientais. Sua doação é muito importante para que esse trabalho continue sendo feito com independência e qualidade, pois não recebemos recursos de governos e empresas. Clique e se torne um doador.