A ação “Streamers em Extinção” levará a mobilização pela proteção da floresta e sua biodiversidade para o mundo dos games

Aproveitando o Dia Internacional da Biodiversidade (22 de maio), o Greenpeace lança o projeto “Streamers Em Extinção”, em parceria com a Gamers Club e a agência Y&R. A ação tem como objetivo chamar atenção para o avanço do processo de perda de biodiversidade na Amazônia, impulsionado pelo desmatamento. Para isso, alguns dos maiores gamers do Brasil farão transmissões ao vivo utilizando avatares de animais ameaçados da fauna amazônica.

A transmissão de jogos via streaming é uma febre mundial, com um público gigantesco. Durante essas transmissões, os jogadores interagem com o público, respondendo a perguntas, explicando detalhes dos jogos ou transmitindo informações relevantes, tudo isso enquanto mantém a atenção na partida!

Mas, dessa vez, gamers profissionais como NoBru, Gaules, FalleN, The Darkness e Takeshi, falarão sobre a Amazônia e terão suas imagens trocadas pelas de animais ameaçados pela destruição da floresta: a ariranha, o gato maracajá, além de duas espécies recém identificadas pela ciência, o Titi (zogue-zogue-de-rabo-vermelho) e o sapo mapinguari.

Os primeiros jogos acontecem no dia 22 de maio, com as participações de Takeshi (LOL), Gaules (CS) e The Darkness, à partir das 10h

“A indústria dos games é maior do que as do cinema e da música juntas. O seu alcance também impressiona, uma transmissão de um jogo no Brasil pode ser assistida por fãs em qualquer lugar da Terra. É fato que vivemos em um mundo cada vez mais global, da mesma maneira a preservação do meio ambiente tem que ser uma preocupação do mundo inteiro para podermos cuidar do planeta e da nossa saúde”, ressalta Rafael Pitanguy, VP de Criação da Y&R. 

Durante o streaming é comum que os fãs realizem doações para que seus gamers favoritos continuem se dedicando ao e-sport. Dessa vez, os expectadores poderão também ajudar na causa pela proteção da floresta, fazendo doações durante a transmissão de seus gamers favoritos.

Até o fim de maio, o total arrecadado na iniciativa será destinado ao Greenpeace para projetos de pesquisa da biodiversidade, monitoramento do desmatamento e das queimadas e campanhas de proteção da Amazônia.  

“Estamos cada vez mais perdendo florestas sem antes conhecer toda a sua biodiversidade. Mesmo com pouco investimento, cerca de 600 novas espécies foram documentadas nos últimos anos. Infelizmente, muitas delas já tem seu habitat gravemente ameaçado devido ao avanço do desmatamento. Por isso, lançamos o projeto Protegendo o Desconhecido, e queremos engajar os mais jovens na defesa da Amazônia”, afirma Cristiane Mazzetti, da campanha de Amazônia do Greenpeace.

As transmissões poderão ser vistas nos canais dos gamers e também na página do Greenpeace na Twitch.TV, que reunirá todas as partidas.

Veja a programação das transmissões*:

Takeshi – 22/5

Gaules – 22/5

The Darkness – 22 & 29/5

Fallen – 24 & 25/5

Baiano – 24/5*

NoBru – 26/5

*Novas datas e horários serão divulgados na página do projeto.


Antes que se vá, pedimos o seu apoio. Neste momento de quarentena, mantemos nossos escritórios fechados, mas nossa equipe segue de casa trabalhando em nossas campanhas, pesquisas e no monitoramento dos crimes ambientais. Sua doação é muito importante para que esse trabalho continue sendo feito com independência e qualidade, pois não recebemos recursos de governos e empresas. Clique e se torne um doador.